• Júlia Orige

Gastronomia portuguesa


Uma das coisas mais importantes no turismo é a gastronomia. Afinal sempre que se pensa em viajar a comida é o que vem em segundo lugar em matéria de preocupações. A comida de que gostamos costuma ser aquela a que estamos acostumados. Por isso não se ouve muita gente falar "ah na china a comida é maravilhosa"!

Bem, Portugal tem muito em comum com o Brasil, ou seria ao contrário? Claro que pensando no âmbito de peixes, carnes e pães como base. O gosto é diferente, mas o material é igual.

A gastronomia portuguesa é bastante conhecida pelo bacalhau e pelos doces conventuais, leia-se: doces de ovos. Apesar de ser o mais famoso, não é o bacalhau o pão de cada dia. O mais comum é o frango assado.

A tradição inclui castanhas assadas, azeite, vinho, sopas, cozidos (é), enchidos de todo o tipo de carne (pretendo nunca me aprofundar nessa questão), peixes e ovos, ops, doces. Óbvio que portugueses diriam que brasileiros só sabem fazer doces de leite condensado, o que eu tenho para dizer é: leite condensado é mais gostoso que ovo doce.

Superada essa questão, saiba o que você vai encontrar numa viagem a Portugal:

  • Bacalhau

Esse é o prato de qual mais se ouve falar fora de Portugal. Há algumas variedades dele, desde o Bacalhau à Gomes de Sá, que é o mais tradicional, quase um cozido, ao Bacalhau com Natas, que veio depois, com influência estrangeira. (Segredo; eles não tem requeijão, triste vida)


Você poderá encontrar os mais variados tipos de bacalhau nos restaurantes portugueses. Faz parte da experiência de ir a Portugal; sentar numa mesinha na calçada e comer bacalhau. Há para todos os gostos: cozido, assado, frito, com broa, com cebolas, com batatas fritas ou assadas. Divirta-se escolhendo!



  • Pastel de Natas

É um folheado com doce de nata dentro. Vendido em todas as padarias possíveis, mas não há quem não diga que o melhor é o que vende em Belém, daí o nome "Pastel de Belém". O verdadeiro está lá, vendido quentinho, depois de uma fila interminável.


  • Sardinhas

Outro prato tradicional: sardinhas fritas. Inclusive nas lojas de souveniers pode-se comprar sardinhas enlatadas e esculturas de sardinhas. Não darei minha opinião sobre isso.

  • Castanhas

É uma espécie de fruto, mas, ao contrário das nossas castanhas, não é dura e é consumida depois de assada. Antes das batatas chegarem no continente europeu era isso que os portugueses comiam com o bacalhau, o que eu não acho muito atrativo, considerando que as castanhas são doces.


  • Vinho

Nem é preciso dizer nada. Mas olha, o vinho do Porto é um licor. Segredinho entre nós: você consegue comprar uma garrafa dele no mercado pelo preço que você pagaria no restaurante por uma dose. Além dele há muitos vinhos de qualidade que regam a gastronomia portuguesa, não hesite em prová-los.

  • Azeite e Azeitonas

Eles são encontrados em qualquer mesa portuguesa e são consideravelmente melhores e mais baratos que por aqui. Eu aconselharia a qualquer um ir a um mercado e comprar um pote de azeitonas por menos de um euro e comê-las na rua.

  • Padaria

Aparentemente portugueses não sabem o que é um pastel, então chamam as padarias de pastelarias, pensando em pasteis de nata. Aliás de você acha que fora do Brasil há pasteis, chora. Bem as pastelarias apresentam os mais variados tipos de doces de ovos, assim como muitos tipos de pães. São boas e há muitas. São um bom lugar para sentar e tomar um café descansado. A maioria tem mesinhas na rua e são lugares agradáveis.

  • Francesinhas

Esse é o meu prato favorito da gastronomia portuguesa! Ele foi inventado no Porto, por um francês, por isso francesinha. É um sanduíche gratinado de bife, presunto, salame e queijo. Mas o mais importante sobre ele é que vem um molho em cima, molho de francesinha. Creio eu que leve cerveja no molho. O que importa é que ele é muitoooo bom.


Um aviso sobre restaurantes em Portugal, pelo menos a maioria deles: higiene não é a sua prioridade, aquelas azeitonas que vêm de entrada estão ali na mesa fazem algumas horas e sabe-se lá há quanto tempo estão no balcão. Além disso, todas as entradas são pagas separadamente, se olhar no cardápio poderá ver que até o pão é cobrado por unidade. Agora o que resta é ir provar! Sonhe e vai acontecer! Gosta de algum desses pratos? Conte nos comentários!


Navegue pelo Quem vai e quem fica:
Páginas principais:
  • Instagram
  • YouTube
  • Pinterest
Assine a nossa newsletter