• Júlia Orige

Cidades históricas imperdíveis em Portugal



Lisboa

A capital de Portugal tem atrações para todos os públicos e em história não peca. O que você não pode perder em Lisboa:

Alfama

É um bairro tradicional português, onde há muitas casas de fado e bares no cair da noite. De dia o que mais tem são roupas na janela. É na Alfama que fica o Panteão, onde estão enterrados alguns personagens da história de Portugal, como Pedro Álvares Cabral e Amália Rodrigues (fadista).

Rossio

O Rossio é uma praça no centro de Lisboa, onde de um lado fica o Terreiro do Paço e do outro a Praça dos Restauradores. Dali também se pode ir rapidamente até o Bairro Alto, onde Lisboa tem sua vida noturna.

Belém

É onde fica a Torre de Belém e o Mosteiro dos Jerônimos. A torre teve papel nas Grandes Navegações e no mosteiro estão enterrados Camões e Vasco da Gama.

Sintra

A vila de Sintra é conhecida por seus castelos. Já foi o jardim dos reis portugueses, assim abriga o Palácio da Pena, residência de verão de D. Fernando II e D. Maria II.O palácio é encantador, está conservado assim como foi deixado, com os móveis e decorações.

Há também o Castelo Dos Mouros, construído antes da reconquista, ou seja, na Alta Idade Média. Por ser mais antigo, o castelo são só muralhas. Nunca houve muito mais e o que havia foi abaixo com os anos. Por ser uma construção medieval, mesmo que de pé, pouco mais exibiria que paredes de pedra. A vista é linda e vale a pena entrar na fortaleza.

Dizem que quando D. Afonso Henriques, primeiro rei de Portugal, chegou à Sintra, por volta de 1150, não encontrou uma viva alma. Tempos depois descobriram-se túneis dentro dos morros que levavam de Sintra até outras cidades menores por perto. É de lendas de túneis que também vive a Quinta da Regaleira, construída por um brasileiro, herdeiro de uma fortuna do café, no começo de 1900. O castelinho é lindo, mas o mais interessante são os seus jardins. Há túneis por todos os cantos e o terreno é bem grande. Há um poço, muito fundo, onde o dono da quinta, António Augusto Carvalho Monteiro, fazia experimentos científicos, declaradamente com animais, há quem diga que com gente.

Évora

A principal atração de Évora é a Capela dos Ossos, construída com cinco mil esqueletos. Depois, outro lugar que vale a pena visitar é o Templo Romano.

Coimbra

A cidade universitária é um charme. O centro é super gostoso de andar e O Fado de Coimbra é diferente de todos os outros lugares. A universidade fica no alto do morro, sendo por si uma atração. Lá dentro fica a Biblioteca Joanina, aberta a visitações com livros super antigos, que só podem ser consultados para pesquisa acadêmica. Embaixo da biblioteca fica um porão que servia de castigo para os estudantes, literalmente uma prisão.

Subindo para a Universidade de Coimbra fica a Sé Velha, uma estrutura medieval, bem parecida com a de Lisboa.

Porto

A cidade do Porto é conhecida principalmente pelo Vinho do Porto, que na verdade é um licor e que na verdade é produzido em Vila Nova de Gaia, do outro lado do rio Douro.

Chegar no Porto de trem é mágico, você desembarca numa estação que por si só já é uma atraçaõ turística e saindo dela, dá de cara com construções fantásticas, uma cidade que é pura história. A própria cidade é o ponto turístico, com sua arquitetura variada e simplesmente linda. Tem uma vida noturna agitada, com muitos bares e discotecas.


Navegue pelo Quem vai e quem fica:
Receba dicas de viagem por email:
  • Instagram
  • YouTube
  • Pinterest
Páginas principais:
Atalhos: