• Júlia Orige

Decisões de vida, publis, cabelo azul e viagens



Outubro foi um mês muito longo pra mim e ao mesmo tempo não tive tempo de nada. Minha cabeça andou às voltas e eu só consegui parar para escrever esse texto agora. Mudei meu plano de vida, aceitei novos clientes, pintei o cabelo todo de azul, marquei viagens, terminei um namoro e briguei muito por causa de política. Estou exausta. Mas meu cabelo ficou lindo, tenho que ver pelo lado positivo, né?

Esse mérito eu dou ao Luan, que fez milagre com o meu cabelo que já andava estragado de eu descolorir e pintar sempre em casa. Ele foi super atencioso, tratou meus cabelos, cortou e pintou. Foram duas tardes para isso e eu amei o resultado. Eu não sou uma pessoa muito atenta à tratamentos de beleza e confesso que morro de preguiça. Não ia a um cabeleireiro há uns dois anos, sem mentira nenhuma.

O Luan atende em Lisboa e eu recomendo muito o trabalho dele! Além do meu cabelo ele também fez maquiagens para duas sessões fotográficas.

Tirando meu cabelo, eu não tô legal. São vários os fatores, mas é fato que trabalhar com internet é extremamente desgastante e instável. Eu não vou desistir, longe disso. É o meu sonho e por mais que me tenha vindo de uma hora pra outra, ao menos o alcance, eu já estava trabalhando nisso há anos. Eu já queria isso, sempre quis. Agora, ou eu agarro a oportunidade, ou eu deixo passar e me arrependo pro resto da vida.

Eu não sou de deixar passar. Por isso decidi que meus dias em Portugal estão contados, ao menos como moradora. Já tenho minha passagem para o Brasil, vou passar o natal com meus pais, um tempo com meus amigos e depois vou atrás da vida que eu sonhei pra mim. E eu estou confiante de que vou conseguir.

Meu plano é dar a volta ao mundo, aos poucos. Não gosto de passar pouco tempo e fazer loucuras de ficar dois ou três dias em uma cidade. Minha ideia é passar cerca de 1 mês em cada país que eu colocar na rota. Talvez mais, talvez menos. Ainda tenho muito o que planejar e muitas parcerias para propor. Quero começar pela América Latina, mas ainda não tenho nada definido. Conforme for fazendo os meus planos vou compartilhar aqui com vocês.

Meu foco é falar sobre o mundo, culturas, cidades, turismo e pessoas. Quero muito falar mais de mim, da minha experiência, para ser aquela pessoa que eu gostaria de ter conhecido com doze anos e que talvez tivesse me ajudado a me aceitar melhor. Mas para isso eu preciso criar coragem e mais independência.

Tenho me esforçado para criar conteúdo por aqui, mas minha cabeça não anda das melhores. Tenho tido algumas crises de ansiedade e o algoritmo do Instagram está me sabotando cada vez mais. Os dias se tornaram extremamente pesados e eu precisei fazer algo sobre isso.

Quero viajar e trabalhar muito, mas com coisas que eu gosto. Não é exatamente um início, eu já estou na estrada tem um tempo. É, talvez, o início da transformação em profissão e não só a viagem como hobbie. Para conseguir isso, vou precisar fazer adaptações no meu estilo de vida e me preparar.

Mas não vou ficar parada enquanto isso. Estar em movimento é o que me faz feliz, dependendo só de mim mesma. No começo do mês teve uma promoção louca da Flixbus, é uma empresa de ônibus de longo curso na Europa inteira. Já viajei com eles antes, de Madrid pra Lisboa, de Budapeste pra Cracóvia e de Bratislava pra Budapeste.

Normalmente as passagens já são baratas, você consegue um ônibus de Madrid pra Lisboa de 10 a 25 euros, dependendo do dia e da antecedência com que você comprar. Mas nessa promoção as passagens entre Portugal e Espanha estavam a 1 euro. Isso mesmo, 1 euro. 2, ida e volta. Eu não podia perder essa oportunidade, né? Então, mesmo não gostando muito de viajar no inverno eu comprei passagens para Córdoba (10 - 20 de novembro) e Sevilha (12 a 18 de dezembro).

Agora escrevo de Córdoba, estou hospedada no Hostel Option Be, fechei uma parceria com eles. Cheguei hoje mas já gostei bastante do espaço, o hall de entrada é bem aconchegante e estou agora escrevendo aqui. O meu quarto tem quatro camas, é misto, estou com mais uma moça e dois rapazes. Tem banheiro dentro do quarto e é bem espaçoso.


Só senti falta de uma cortina no beliche, não gosto muito da ideia de pessoas estranhas vendo a minha cara dormindo. Mas tudo sob controle, a cama é boa, o quarto é quentinho. E afinal, Córdoba é bem mais quente do que Lisboa e não chove tanto! O que pra mim é uma benção, odeio chuva com todo o meu coração.

Mas isso não me impede de por o pé na estrada. Nos primeiros dias de novembro fui passar uns dias em Aveiro, uma cidade no norte de Portugal, na casa de umas amigas minhas. Tava chovendo e muito frio, mas o final de semana foi bem divertido na mesma. Talvez porque estivéssemos de carro e isso muda 100% o cenário.

Eu já tinha ido à Aveiro antes, em 2011, com meus pais. Mas passamos só uma tarde e mal deu tempo de ver o canal principal. Dessa vez fiquei três dias e deu pra bater umas fotos legais e conhecer mais da cidade. Fui a um parque fantástico, à praia e à Costa Nova, onde tem as casinhas listradas tradicionais.


E esta foto aqui foi tirada num caminho que dá em uma praia, mas não chegamos a ir a praia. A trilha fica fechada no inverno e tinha pegadas de lobo por lá. Passei nervoso, devo dizer.


Depois de Aveiro peguei um trem e fui passar um dia no Porto para visitar uma amiga. Já que eu decidi ir para o Brasil agora, sem previsão de retorno por aqui, quis me despedir dela. Passei uma noite no Hostel The Passenger, na estação de São Bento, no Porto. Foi uma ótima escolha, adorei ficar lá e a localização não podia ser melhor. Eu já falei desse hostel no Guia de Viagem do Porto.

Eu não posso dizer que estou feliz. Mas estou me encaminhando pra isso, então já é alguma coisa, não é? Tô bem, tô de consciência tranquila e sei que tô fazendo a coisa certa para realizar os meus sonhos. Tenho ainda um monte de perrengue pra resolver e mil coisas pra pensar. Tem um milhão de perguntas na minha cabeça. Será que eu vou conseguir me sustentar? Como eu vou cuidar das minhas gatas? Deveria comprar um canivete? Quando eu vou conseguir voltar a tomar café sem ter um ataque de pânico?

Olha, não sei, mas me segue no Instagram e ativa as notificações porque nesse vida de influencer likes significam boletos pagos no fim do mês, por favorzinho


Navegue pelo Quem vai e quem fica:
Páginas principais:
  • Instagram
  • YouTube
  • Pinterest
Assine a nossa newsletter