• Guia de Investimento

4 dicas para a criação de conteúdos para redes sociais em casa


criação de conteúdo para redes sociais

Muitas pessoas estão em busca de uma forma de fortalecer a renda ou criar uma nova oportunidade de emprego. Dentre as novas opções existentes no mercado, a criação de conteúdo em casa é uma das que mais tem se destacado.


A profissão de criador de conteúdo, embora ainda não seja oficializada, tem cada vez mais tomado a ideia de muitas pessoas, principalmente pelas possibilidades diferentes que o mercado apresenta para esse tipo de atuação.


É importante ter em mente que um criador de conteúdo está o tempo todo trabalhando com diversas mídias, principalmente na internet.


Os processos de produção de audiovisual, bem como de conteúdo em texto mudaram drasticamente com a internet.


Hoje em dia, até mesmo vender um espelho decorativo sala de jantar requer uma produção de conteúdo intensa.


Isso possibilitou uma série de interações que tornaram os criadores de conteúdo fundamentais na internet.


Muitas empresas inclusive buscam estes criadores para conseguir fazer ações de marketing digital e campanhas publicitárias.


É um trabalho muitas vezes solitário, embora você possa contar eventualmente com uma equipe, sobretudo para fazer edição e revisão no trabalho que você criou. Entretanto, o trabalho do criador de conteúdo ainda é singular.


Nas bases do DIY, do inglês Do It Yourself ou “faça você mesmo”, a ideia da criação de conteúdo surgiu da possibilidade apresentada pela internet de interagir com plataformas de exposição de material.


Algumas empresas podem acabar procurando você para fazer parcerias. Neste caso, quando você anuncia produtos de higiene pessoal atacado em seu conteúdo é importante que ele faça sentido com o seu nicho de atuação.


As redes sociais tem uma grande parcela de fomento nesse tipo de atividade. É por meio delas que muitos criadores de conteúdo aparecem, além de ser a melhor forma de se engajar com o público e conseguir uma base sólida de fãs.


As redes sociais são um campo de domínio do criador, principalmente porque o conceito do trabalho digital é justamente o de estar ativo e frequente em todas as plataformas disponíveis de engajamento.


O melhor de tudo é que você pode fazer todo este trabalho sem sair de casa. As possibilidades de criação são inúmeras, e é importante você saber tudo o que pode fazer enquanto criador de conteúdo.


Como começar a produzir?

Que o mercado de produção está aquecido já é uma realidade há algum tempo. Por isso, estar presente nas redes sociais e criar um bom material já não é mais o suficiente.


Você precisa se destacar da concorrência, tornar-se relevante e único dentro das plataformas.


Uma empresa de paisagismo e jardinagem, por exemplo, precisa ser uma referência neste nicho na internet.


Para isso, é importante seguir uma série de passos na criação de conteúdo, como os descrito abaixo.


1. Planejar é fundamental

Qualquer ação que você faça em sua vida é fundamental que tenha um planejamento anterior.

Isso é ainda mais verdadeiro quando falamos de ações profissionais, que devem ser pensadas e estruturadas corretamente para gerar bons resultados.


Uma boa forma de conseguir isso é por meio da definição de objetivos, que podem ajudar a compreender o que você está buscando no momento com a sua criação de conteúdo. Esse tipo de ação é fundamental para um bom engajamento.


Você pode estar buscando leads para uma empresa por meio de uma parceria ou atrair novos visitantes para que seu conteúdo se torne mais conhecido.


Você pode até mesmo oferecer produtos ou serviços para as pessoas que já estão consumindo seu material.


Assim, ofertar uma sacola ecologica personalizada como parte de uma promoção pode acabar aumentando sua visibilidade.


O primeiro passo de seu planejamento é identificar para quem você está produzindo. Isso acontece porque ninguém é capaz de agradar a todos ao mesmo tempo. Por isso, você precisa criar uma zona de conforto para sua produção.


O público-alvo é um grupo de pessoas que se identifica com o material que você está criando, gerando assim uma base de seguidores que acompanhará seu conteúdo.


Pessoas que se encaixem neste perfil tem chance de gostar de sua produção de conteúdo.


Por isso, quando se faz ações de marketing para apresentar seu material, é importante que este seja o grupo de pessoas mais impactado, gerando assim um resultado muito melhor para sua produção.

Além disso, as pessoas costumam não dar muita atenção para material raso e genérico. É preciso que você de fato conheça os assuntos que pretende produzir, e tenha qualidade no material que será apresentado.


Escolher um nicho de atuação pode parecer difícil à primeira vista, mas acabará se tornando parte natural do processo e deve ser levado em conta para a escolha de um bom conteúdo.


Dessa forma, você eventualmente se tornará um especialista na área em que atua. Ter uma agenda personalizada com nome para marcar exatamente o que e quando publicar pode ser fundamental.

As pessoas tendem a confiar na palavra de alguém que consideram uma autoridade em uma determinada área, principalmente se o conteúdo que ela apresenta é interessante e relevante.


Por isso, é importante que você compreenda suas possibilidades. Uma das máximas da internet é o ditado “quem não é visto, não é lembrado”.


Estar presente nas redes é fundamental, e a melhor forma de realizar isso é por meio de um calendário de publicações.


Esta etapa deve ser muito bem calculada em seu planejamento. Isso porque a quantidade de publicações é um tema bastante complexo.


Você não pode publicar pouco, uma vez que as pessoas vão facilmente esquecer seu conteúdo.

Entretanto, o excesso de publicações pode parecer desesperado, o que acaba afugentando potenciais consumidores de seu material da mesma forma que a ausência faria.


Encontrar o equilíbrio é o grande segredo do planejamento.


2. Tenha uma persona definida

Embora o seu público-alvo seja um grande aliado no planejamento, ele ainda é um sistema genérico e de massa para avaliar o seu público.


Para um criador de conteúdo, cada material feito de maneira errada é um desperdício de tempo, esforço e dinheiro.


Por isso, é importante que você seja bastante assertivo com relação a publicações. Para saber exatamente o tipo de material que você irá criar, uma excelente maneira de analisar é por meio da criação de uma persona.


A persona é uma idealização de um cliente, uma figura que embora fictícia, é pautada na realidade. Você pode obter dados para criar sua persona de diversas maneiras, por meio de estudos e análises de métricas e pesquisas de qualidade em seu conteúdo.


A persona dará a resposta sobre a produção de seu folder turístico, identificando se ele já está pronto ou precisa de ajustes.


Assim, você terá o suficiente para dar mais do que um nome e profissão para uma persona. É importante que ela tenha uma série de informações, como:

  • Desejos;

  • Medos;

  • Objetivos de vida;

  • Hobbies;

  • E interesses.

Quanto mais uma persona tiver personalidade, maiores as chances de você conseguir encontrar as respostas que precisa para uma boa criação de conteúdo.


3. A importância da produção

O perfil do cliente mudou. Hoje em dia, ninguém se interessa muito por anúncios diretos ou pessoas que criam um material para vender a qualquer custo.


Por esse motivo, muitas empresas têm apostado no chamado marketing de conteúdo.


Entretanto, nem todas as empresas dispõem de colaboradores prontos para criar um material de qualidade, com todas as informações necessárias para estar na internet com qualidade de produção.

Por isso, muitas dessas empresas acabam buscando os serviços dos criadores de conteúdo para conseguir produzir um material de qualidade, que atraia mais consumidores para a marca.


Até mesmo uma fabricante de pasta com bolsa interna precisa engajar melhor seu conteúdo. Uma boa maneira é por meio de parcerias com criadores.


Alguns criadores de conteúdo se especializam nesse tipo de produção, enquanto outros mantêm seu formato de atuação e utilizam seus canais para anunciar o produto ou serviço a seu público, incentivando-os a consumir.


Esse formato acaba sendo muito útil para quem deseja se profissionalizar como criador de conteúdo, uma vez que você pode estipular os valores de contratação diretamente com a empresa que deseja seus serviços.


4. Se faça presente na internet

Estar engajado nas redes não é simplesmente criar um conteúdo inteligente ou interessante.

Você precisa saber todos os mecanismos de interação disponíveis para expandir sua criação de conteúdo além das possibilidades padrões.


Por isso, é importante que você compreenda todas as métricas e análises que podem ser feitas quando pensa em utilizar seu conteúdo de forma adequada. Uma das principais fontes de informação está no SEO.


Ter um notebook novo pode ser um grande adianto para sua empresa, mas é preciso ter em mente que boa parte do trabalho é de estudo e conhecimento da internet como um todo.


A sigla, que significa Search Engine Optimization ou Otimização de Motores de Busca, visa elevar seu conteúdo no ranking de resultados de sites de pesquisa. Dessa forma, você acaba tendo muito mais acessos e visualizações.


Além disso, você pode apostar no conceito de guest post, ao apresentar seu material em outros sites e aumentando sua autoridade sobre o assunto, ou ainda fazer parcerias que alavanquem seus resultados.


Considerações finais

A produção de conteúdo é uma das melhores maneiras de ganhar dinheiro atualmente, seja como função principal ou um complemento em sua renda.


As possibilidades são inúmeras, graças ao consumo de internet que as pessoas têm realizado.


E o melhor de tudo é que todo o processo pode ser feito de sua casa, sem que você precise alugar um espaço físico ou ter gastos desnecessários com um ponto para fazer seu trabalho.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo
Quem vai e quem fica - Marca.png
amazon prime
Júlia Orige
Blogueira de viagem
Oi gente, eu sou a Júlia e o Quem vai e quem fica é o espaço onde eu organizo todos os meus conteúdos de viagem. Pra te guiar pelas suas próximas aventuras.
Aqui eu ofereço os meus erros e os meus acertos para que você possa viajar melhor e mais fácil
Me acompanhe diariamente no Instagram
Para falar sobre parcerias e publis mande um email para juliaorige@gmail.com
  • Instagram
  • TikTok
  • YouTube
  • Pinterest
pacote-sao-luis-lencois-maranhenses-segu

Dicas de viagem em destaque:

Reserve sua viagem aqui:

Organize a sua viagem:

Vídeos de viagem no YouTube:

kindle unlimited