Buscar
  • Guia de Investimento

7 dicas para empreender nas redes sociais



Não dá mais para imaginar a nossa vida sem as redes sociais. Elas estão presentes em praticamente tudo, desde a busca por uma notícia de última hora, até quando vamos procurar um produto ou serviço online.


Para termos uma ideia, o Brasil é visto como o país que mais usa redes sociais na América Latina. De acordo com o relatório da We are Social, cerca de 66% dos brasileiros estão ativos nessas plataformas, principalmente no uso comercial.


É fato que, quando procuramos por uma mercadoria, até mesmo uma sacola ecologica personalizada, acabamos dando uma “espiadinha” nas redes sociais da marca, só para decidirmos se realmente queremos adquirir o produto.


Portanto, as redes sociais têm uma forte influência na decisão de compra. Muitas pessoas perceberam isso, tanto que houve um crescimento significativo de empreendimentos online que utilizam essas plataformas.


Então, se você quer abrir um negócio online, este artigo é para você! Hoje, conheça algumas dicas para empreender nas redes sociais e ampliar suas vendas.


1 - Defina quem é a sua persona

O primeiro passo é identificar quem é o seu público e construir a persona. Dessa forma, você saberá com quem deve falar e como divulgar o seu empreendimento.


Em resumo, a persona nada mais é que um personagem semi fictício do seu cliente, elaborado com base nas características da sua audiência. Para isso, é necessário fazer uma pesquisa de mercado, levantando as principais informações:


  • Faixa etária;

  • Nível socioeconômico;

  • Escolaridade;

  • Comportamentos de compra;

  • Localidade;

  • Principais profissões.


Quanto mais informações você tiver a respeito do seu público, melhor. Afinal de contas, é possível direcionar os seus anúncios, como um banner informativo, levando em consideração o perfil do cliente.


Porém, vale dizer que a persona é diferente do público-alvo. A persona tem sentimentos, comportamentos e uma história de vida. A seguir, veja um exemplo:


“Júlia, 42 anos, 3 filhos. Moradora da cidade de São Paulo, vive em uma região de classe média. Ela é mãe solo, por isso, tem dificuldades em gerenciar o seu tempo, principalmente com o trabalho e o cuidado das crianças”.


A partir dessas informações, você consegue não somente orientar as estratégias de marketing, mas também humanizá-las. Assim, você sabe exatamente o que colocar no flyer digital para cativar a sua audiência.


2 - Saiba quais redes são indicadas para o seu público

Além de definir a linguagem e o conteúdo adequado, a persona também é responsável por orientar quais são as melhores redes sociais para divulgação do seu empreendimento.


Afinal de contas, cada uma das plataformas possui suas especificações, sendo que uma rede permite a divulgação de gravação de áudio, de imagens, vídeos, infográficos, entre outros. Isso ajuda a definir qual é a melhor estratégia de divulgação.


Por exemplo, o Instagram possui um alto nível de engajamento. Por meio dele, você consegue acompanhar de perto a interação com os usuários, seja por meio de likes, comentários e relacionamento com os clientes.


Já o LinkedIn é uma rede profissional. Portanto, ela é indicada para empreendimentos que têm um perfil corporativo mais forte, ou que estão em busca de colaboradores.


O YouTube é uma rede focada em conteúdos audiovisuais e muito boa para alcançar a popularidade da sua marca. Além disso, ela é uma plataforma indicada para as estratégias de marketing de influência, por meio dos digital influencers (os “famosos” da internet).


Você pode investir em mais de uma rede social, porém, é importante levar em consideração o perfil do seu público e o interesse da sua empresa.


3 - Crie conteúdos relevantes

A informação é a principal moeda de troca dos dias de hoje, principalmente nas redes sociais. Afinal de contas, quando alguém busca por um espaço de coworking, mais do que descobrir o preço de locação, o usuário também quer saber mais sobre o local.


Isso vale não só para produtos, mas também para que o público saiba que o seu empreendimento quer manter um relacionamento próspero com seus clientes, oferecendo informações, curiosidades e materiais ricos.


Na produção de conteúdo, é fundamental se colocar no lugar do cliente, refletindo sobre o que eles querem saber da sua empresa.


Inclusive, nas redes sociais, é interessante considerar as especificações de cada uma delas para a produção de conteúdo. Assim, se você quer dar dicas de como usar um notebook novo através de um tutorial em vídeo, o YouTube pode ser o mais adequado.


Os conteúdos também devem ser produzidos periodicamente. Não adianta nada escrever somente um artigo no Facebook e achar que é o suficiente. Por esse motivo, recomendamos que você tenha um cronograma de postagens.


Varie a produção de conteúdo. Se a rede social permite que você poste materiais diferenciados, como textos e imagens, faça bom uso desse potencial.


Quanto mais informações o público tiver sobre o seu produto, serviço ou marca, maiores são as chances de compra.


4 - Mantenha um bom relacionamento com os usuários

As redes sociais são mais do que plataformas de divulgação - elas também são canais de comunicação. Sendo assim, o seu empreendimento precisa focar nesse relacionamento, mantendo um diálogo aberto e constante com os usuários.


Por exemplo, se alguém comentou algo na sua publicação sobre gestão patrimonial, é importante responder o seguidor de maneira cordial. O mesmo vale para mensagens via direct, que são instantâneas.


As próprias redes sociais já perceberam que esse potencial de comunicação é grande para as empresas. Por isso, criaram ferramentas de relacionamento, como os chatbots, que respondem os usuários automaticamente.


Assim, ninguém fica sem resposta, já que os robôs funcionam durante 24 horas e nos 7 dias da semana. Ou seja, os seus seguidores não se sentem ignorados, o que ajuda a manter um bom relacionamento com a marca.


5 - Use os recursos específicos para empresas

Como vimos, as redes sociais já ampliaram suas funções para as empresas. Atualmente, podemos encontrar as versões do Facebook Business e Instagram Business, com recursos especiais para empresas.


Por isso, é interessante que o seu empreendimento faça bom uso dessas funcionalidades, aumentando os métodos de divulgação. Mais do que melhorar o compartilhamento de conteúdo e as vendas, também é uma maneira de gerir as estratégias de marketing.


Os próprios clientes se sentem mais confortáveis quando as empresas usam os recursos das versões Business. Isso transmite uma sensação de confiança e credibilidade para a marca, que são aspectos fundamentais para o sucesso do seu negócio.


Um dos recursos mais prósperos das redes sociais é o Instagram Shopping. Por meio dela, é possível criar um catálogo de produtos, marcando as mercadorias diretamente nas postagens, com valores e descrição.


Dessa forma, é possível reduzir a jornada de compra, facilitando a tomada de decisão do cliente e contribuindo com o aumento das vendas.


O próprio Facebook permite o investimento em publicações patrocinadas (pagas), com alto nível de segmentação. Ou seja, você consegue atingir um público específico, aumentando as conversões de leads.


Por isso, faça bom uso das funcionalidades e não deixe de acompanhar as atualizações das redes sociais.


6 - Monitore os resultados de cada campanha

Assim como toda estratégia de marketing, os resultados das campanhas nas redes sociais também devem ser acompanhados periodicamente.


Aliás, a partir desses resultados, é possível formar um catálogo de empresas, com as principais informações do seu público e outras especificações relevantes para construir uma boa campanha de marketing.


Por meio do monitoramento de resultados, dá para aprimorar os conteúdos e melhorar os resultados da sua campanha.


Além do mais, os resultados são obtidos com diferentes métricas, como quantidade de likes, compartilhamentos, geração de leads, entre outros.


7 - Inspire-se em outras marcas

Para quem está começando do zero, nem sempre é fácil encontrar as ideias para o seu empreendimento nas redes. No entanto, uma dica valiosa é buscar inspirações em outras marcas, para ter um “norte” das suas campanhas.


Mas nada de copiar! Além de ser uma prática vista como ilegal, o seu público percebe essa questão e a reputação da sua empresa pode ser prejudicada.


Conclusão

O avanço tecnológico e a expansão das redes sociais fizeram com que muitas empresas tivessem que investir nesses canais de comunicação. Mesmo porque, é difícil imaginar a internet sem essas plataformas.


No entanto, o sucesso do seu empreendimento depende diretamente de um bom planejamento de marketing nas redes sociais, incluindo a identificação da persona, relacionamento com os usuários e produção de conteúdo.


O artigo de hoje trouxe algumas dicas de como investir em uma boa estratégia para divulgação nas redes sociais. Dessa maneira, você irá alcançar o sucesso que deseja e conquistar uma grande visibilidade no mundo online.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


0 comentário

Me ajuda a te ajudar?

Adquirindo serviços ou produtos nos links aqui do blog, eu ganho uma pequena comissão e você não paga absolutamente nada a mais por isso

Compre em empresas confiáveis e ajude o blog a crescer

Reserve sua viagem aqui:

Navegue pelo Quem vai e quem fica:
Páginas principais:
  • Instagram
  • YouTube
  • Pinterest
Assine a nossa newsletter