• Guia de Investimento

Avião ou Ônibus: saiba 9 dicas para escolher


Foto por Freepik

Dependendo do destino da nossa viagem, ficamos na dúvida se é melhor ir de avião ou ônibus. Afinal, cada um deles tem as suas vantagens e desvantagens. No entanto, a escolha do meio de transporte é um dos pontos fundamentais de qualquer viagem.


Por isso, antes mesmo de preparar a sua mala antiga de viagem e colocar o pé na estrada, é importante avaliar qual meio de transporte é o mais adequado, como uma Locação de ônibus, por exemplo.


Para te ajudar nesse planejamento, o artigo de hoje vai trazer algumas dicas de como escolher entre avião ou ônibus. Então, acompanhe a leitura e comece a organizar o seu itinerário para a viagem!


1 - Avalie o orçamento para viagem

Não tem como negar: o ônibus é um meio de transporte consideravelmente mais barato do que as viagens de avião. Além disso, os valores são mais estáveis.


Ou seja, não importa se você compra um bilhete na véspera ou meses antes - o valor permanece quase sempre o mesmo.


Assim, caso você decida viajar de última hora, o ônibus acaba sendo a melhor opção, pois você não vai precisar gastar muito dinheiro na compra da passagem. Já no caso dos aviões, bilhetes comprados na véspera podem valer até o dobro!


Por conta disso, muitas pessoas preferem viajar de ônibus, já que elas têm a oportunidade de realizar a viagem dos sonhos, sem ter que gastar muito.


Até por conta disso os ônibus são preferidos no fretamento para excursões. Afinal, fica muito mais barato fechar o contrato de locação com um ônibus do que com um avião inteiro, não é mesmo?


2 - Considere a distância

Apesar do ônibus ser mais barato, nem sempre conseguimos nos deslocar para longas distâncias com ele. Mesmo quando precisamos pegar mais de um ônibus, o valor da passagem, ainda que mais barato, não acaba compensando pelo trajeto.


Por exemplo, se você vai para uma viagem internacional, não tem jeito. Vai ter que ir de avião. Mas, não precisa sair do país: imagine que você está saindo do Rio Grande do Sul rumo ao Acre. Já é uma grande distância!


Nestes casos, até mesmo o folder turístico costuma recomendar as viagens de avião. Afinal, se você decidir ir de ônibus, pode levar dias até chegar ao seu destino final.


Para as distâncias médias, o ideal é fazer uma avaliação antes, procurando por preços e comparando as condições.


Dependendo do destino, você pode encontrar uma ótima promoção na passagem aérea, ainda mais se comprar com antecedência. Daí existe pouca variação com o bilhete do ônibus. Ou seja, a viagem de avião acaba compensando.


3 - Leve em conta a segurança

O avião é considerado o meio de transporte mais seguro do mundo. Para termos uma ideia, há uma chance entre 8 milhões de sofrer um acidente aéreo. Por outro lado, em uma viagem de ônibus, a probabilidade é de uma chance em 4 milhões.


Além disso, a inspeção para entrar no avião também é muito rígida. Ou seja, isso garante que você esteja seguro, depois de embarcar.


Por isso, caso você esteja levando algo de muito valor, como jóias, óculos feminino de sol, ou dinheiro em espécie, ou quer investir em uma proteção de segurança a mais, a melhor alternativa é o avião.


Vale dizer que a tripulação dos aviões é treinada com rigorosos protocolos de segurança. Sendo assim, mesmo em terra, as equipes são qualificadas para controlar as aeronaves na pista, diante de qualquer situação.


Nos ônibus, você só conta com um ou dois motoristas, no máximo, quando a viagem é mais longa.


4 - Preço e quantidade de bagagens

De acordo com as regras da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), o viajante de avião pode levar consigo 10kg de bagagem na própria cabine. O restante tem que despachar - e vai precisar pagar por isso.


Quanto aos ônibus, não há um limite claro, o que é uma grande vantagem para quem precisa levar uma bagagem maior.


Muitas vezes, na cabine do avião, mal cabe uma sacola ecologica personalizada e, além de já pagar caro pela passagem, o viajante ainda tem que arcar com o preço alto para despachar as malas.


Inclusive, isso é motivo de indignação para muitas pessoas. Mas, já que a regra é essa, verifique com cuidado a quantidade de bagagem.


5 - Conforto

Sem dúvidas, é muito mais confortável viajar de avião do que de ônibus. As rotas aéreas não têm buracos, nem paradas que interrompem o seu sono. Além disso, raramente os passageiros fazem “bagunça”, como ocorre em excursões com fretamento de vans.


Isso não quer dizer que a viagem é maçante, muito pelo contrário: há várias opções de entretenimento a bordo, como filmes, músicas, cobertores quentinhos para o sono, entre outros itens. Assim, você nem vê o tempo da viagem, até mesmo as longas.


Há alguns aviões que oferecem até pasta de dente. As companhias compram produtos de higiene pessoal atacado para oferecer aos passageiros.


Claro que, eventualmente, você vai ter que lidar com turbulências. Mas, elas duram pouco.


Não que os ônibus não sejam confortáveis. Hoje em dia, há leitos completos, em que você pode descansar ao longo de toda a viagem. Porém, as opções de entretenimento são melhores nos aviões (ainda mais se você comprar passagem na primeira classe!).


6 - Programas de fidelidade

Uma das grandes vantagens de viajar de avião é que você pode participar dos famosos programas de fidelidade. Com isso, você ganha milhas áreas que são revertidas em descontos para a compra de passagens para a próxima viagem.


Ou então, você pode trocar por produtos, como agenda personalizada com nome, eletrônicos, eletrodomésticos, entre outros.


Há outras formas de ganhar milhas, como:


  • Usar serviços de cartão de crédito;

  • Locação de veículos;

  • Compra de pacotes de hospedagem;

  • Indicação da companhia para conhecidos.


Caso você não use suas milhas, algumas companhias aéreas permitem que você transfira os benefícios para outras pessoas. Uma boa forma de presentear alguém!


7 - Espera antes do embarque

Se você é do tipo de pessoa que não gosta de ficar esperando antes do embarque, então o melhor é ir de ônibus. Nos aeroportos, a espera costuma ser maior, visto que você precisa chegar antes para despachar a mala, passar pelos protocolos de segurança, etc.


Recomenda-se que os passageiros cheguem 4 horas antes do embarque. Fora que há riscos de atraso. Ou seja, você terá que esperar ainda mais nos aeroportos.


Já no caso dos ônibus, não é preciso chegar ao terminal com tanta antecedência assim. A preparação para o embarque é bem simples, então, se você chegar uns 30 minutos antes, consegue se preparar com conforto para a viagem.


Mas, vale comentar também a questão da estrutura dos terminais rodoviários e aeroportos. A diferença é gritante!


Nos aeroportos, você tem inúmeros serviços, lojas, locais para descanso, além de poder acompanhar a partida dos aviões em tempo real, que é uma vista espetacular.


Sem contar a segurança. Não é todo mundo que pode entrar nas plataformas de embarque, o que deixa os aeroportos muito mais seguros, em comparação aos terminais rodoviários.


8 - Acompanhar diversas paisagens

Tanto nos aviões quanto nos ônibus, você pode acompanhar belas paisagens. Mas, quando estamos viajando em terra, as chances de você se deparar com cenas diferentes são muito maiores, já que você está acompanhando todo o trajeto.


Nos aviões, a paisagem aérea é belíssima. Porém, você vai passar a maior parte da viagem só vendo nuvens. Independentemente da sua escolha, a experiência será única!


Mas, se você quer aprender mais sobre o trajeto, já que futuramente você pode voltar ao destino em uma viagem de carro, o ônibus dá uma noção muito maior desse conhecimento geográfico, tornando mais simples a compreensão de todo o caminho.


9 - Considere o tempo de viagem

Quanto maior a distância, maior o tempo de viagem. Em relação a velocidade, os aviões são muito mais rápidos do que os ônibus, por isso, se você precisa chegar ao seu destino o quanto antes, vale a pena considerar a compra de uma passagem aérea.


Conclusão

Não é nada simples escolher o meio de transporte ideal para a sua viagem. São vários fatores que devem ser levados em consideração e que são igualmente importantes na hora de tomar a sua decisão.


Mas o artigo de hoje buscou facilitar a sua escolha, mostrando alguns aspectos em que é mais vantajoso o ônibus ou o avião (e também quando cada um desses transportes não são indicados).


Assim, você poderá planejar a sua viagem com muito mais conforto e curtir o passeio da melhor maneira possível!


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


0 comentário

Reserve sua viagem aqui:

Júlia Orige
Blogueira de viagem
Oi gente, eu sou a Júlia e o Quem vai e quem fica é o espaço onde eu organizo todos os meus conteúdos de viagem. Pra te guiar pelas suas próximas aventuras.
Aqui eu ofereço os meus erros e os meus acertos para que você possa viajar melhor e mais fácil
Me acompanhe diariamente no Instagram
Para falar sobre parcerias e publis mande um email para comercial@quemvaiequemfica.com
  • Instagram
  • TikTok
  • YouTube
  • Pinterest
Está se sentindo generoso e quer me mandar um pix? juliaorige@gmail.com

Dicas de viagem em destaque:

4.png

Organize a sua viagem:

Vídeos de viagem no YouTube:

kindle unlimited
amazon prime
pacote-sao-luis-lencois-maranhenses-segu