• Guia de Investimento

Bagagem de mão: regras e o que levar



Você costuma viajar de avião? Seja para destinos nacionais ou internacionais, o passageiro tem direito a levar uma bagagem de mão no voo, e saber o que levar dentro dela é essencial para ter maior conforto durante o trajeto.


As companhias aéreas possuem algumas restrições com relação aos diferentes tipos de bagagens que podem ser levadas durante a viagem. Além disso, as regras costumam variar em certos períodos, podendo ser também diferentes para cada companhia aérea.


De qualquer modo, conhecer melhor cada uma delas é fundamental para viajar com segurança, além de evitar transtornos no momento do embarque.


Na bagagem comum, o viajante costuma colocar todos os seus pertences que envolvem o vestuário, assim como outros objetos que ele possa precisar durante a sua estadia fora.


Este tipo de mala estilo vintage precisa ser despachado no processo de embarque, sendo responsabilidade da companhia entregar o volume no desembarque dos seus passageiros.


Em geral, esse tipo de bagagem pode conter até 23 quilos para voos nacionais. Os internacionais variam conforme a prestadora do serviço, e em alguns casos é permitido despachar malas com até 32 quilos.


As bagagens de mão possuem características diferentes. Elas podem ser levadas dentro do avião durante o percurso, permitindo que o passageiro possa acessar os seus pertences conforme a necessidade.


No entanto, é preciso estar atento aos requisitos estipulados por cada companhia aérea, uma vez que existe o impedimento de se embarcar com alguns tipos de itens, cuidado esse que visa à segurança de todos os passageiros.


Se você está pensando em viajar e quer saber como preparar a sua mala de mão, este artigo é para você. Por isso, siga na leitura e entenda o que pode ser incluído na sua bagagem, conseguindo se preparar com antecedência para a viagem.


Bagagem de mão: o que é?

Quem vai viajar de avião e pretende passar alguns dias fora de casa pode ter uma dúvida bastante comum, que diz respeito sobre o que é possível levar no avião.


Para isso, a resposta é bem simples: as companhias permitem que os seus passageiros embarquem com uma bagagem de mão.


Um passageiro que precisa levar o seu notebook novo na mala certamente vai querer carregá-lo consigo durante o trajeto, justamente para evitar que o item sofra algum tipo de dano.


Essa é uma possibilidade aceita pelas companhias, de modo que o equipamento pode ser incluído na bagagem de mão com tranquilidade, ao lado de outros itens que estão liberados para embarque.


Mas, afinal, qual é a definição de bagagem de mão? De maneira simples, ela se trata de uma mala, com limite de 10 quilos, que pode ser levada junto com o passageiro dentro da aeronave, estando com o valor de transporte incluso na passagem aérea.


Essa bagagem de mão pode ter dimensões de até 35 cm de comprimento, 25 cm de largura e 55 cm de altura, sendo esse o padrão das principais companhias nacionais.


Em voos internacionais essas também costumam ser as medidas aceitas, mas é indicado verificar com antecedência as especificidades da empresa.


Além da bagagem de mão, o passageiro tem direito a levar uma bolsa, sacola tecido ou mochila, que são consideradas itens pessoais, desde que caibam sob a poltrona do viajante ou no compartimento da aeronave.


Essas determinações visam a segurança de todos os que embarcarão no avião para um determinado destino e, por isso, são regras que devem ser seguidas sem exceções.


O que pode ser levado dentro da bagagem de mão?

Depois de entender a definição da bagagem de mão, a dúvida seguinte para a maioria dos passageiros é justamente sobre o que pode ser levado dentro dela, para evitar ter que descartar alguns itens antes de entrar no avião.


Os objetos que podem ser transportados na mala de mão dentro da aeronave são:


  • Documentos pessoais;

  • Pequenos acessórios;

  • Aparelhos eletrônicos;

  • Cosméticos;

  • Medicamentos prescritos ou sem prescrição;

  • Alimentos infantis;

  • Lanches.

Todo passageiro precisa levar os seus documentos pessoais, que serão exigidos para a liberação do embarque, mas também deverão ser transportados quando o viajante estiver no seu destino.


Dessa maneira, eles fazem parte dos itens permitidos na bagagem de mão, garantindo a segurança e a proteção dos seus portadores.


Além disso, os acessórios de uso pessoal também são permitidos. Alguns exemplos são: óculos feminino de sol, carteira, joias, cintos, entre outros.


Os aparelhos eletrônicos de uso pessoal, como os celulares, as câmeras, os tablets e os notebooks, podem ser levados na bagagem de mão. Isso pode garantir que eles não sejam quebrados no trajeto e permitir que o passageiro utilize algum deles no seu percurso.


Para quem gosta de manter os seus cosméticos sempre à mão, a boa notícia é que eles podem ser incluídos na bagagem de mão. Por isso, levar um batom, rímel, desodorante ou protetor labial é mais uma das possibilidades.


Até mesmo um creme para cabelo cacheado pode ser incluído na sua necessaire, desde que o produto esteja em embalagem pequena e bem acondicionado.


O embarque de medicamentos costuma gerar dúvidas em quem está viajando. Mas não há restrições quanto a eles. Um cuidado que deve ser tomado é o de que os remédios prescritos devem estar acompanhados com a receita em nome do passageiro.


Outros medicamentos de uso comum podem ser levados sem problemas, mas devem estar limitados a 100 ml.


Quem costuma viajar com bebês sabe o quanto é necessário levar qualquer tipo de alimento para oferecer à criança durante o período do voo.


Sendo assim, as mamadeiras e outros tipos de refeições podem ser incluídas na bagagem de mão em quantidade coerente para a duração da viagem.


Por fim, levar lanches na viagem é permitido, mas eles precisam estar bem colocados em embalagens. Para voos internacionais, é fundamental consultar o regulamento de cada companhia, de acordo com o destino.


O que não pode ser levado?

Como não poderia deixar de ser, alguns itens não podem ser levados pelos passageiros dentro do avião, uma vez que podem ocasionar acidentes ou prejudicar a segurança de todos os que estão a bordo.


Objetos que são perfurantes ou cortantes devem ser despachados na mala comum. Também existem regras específicas para levar líquidos no avião.


Desse modo, para se evitar impedimentos no momento do embarque, opte sempre por deixar uma garrafa de vinho de presente no despacho convencional, tomando o devido cuidado para proteger a embalagem.


Sendo assim, não deixe de verificar todas as restrições impostas pela companhia aérea que você escolheu para viajar, de modo que você não tenha transtornos ao se dirigir ao embarque para o seu destino.


É permitido embarcar com o carrinho de bebê?

Um detalhe importante para quem viaja com crianças é que o carrinho do bebê pode ser levado até o embarque no avião. Ao chegar na aeronave, os emissários ficam responsáveis pela guarda do objeto, que será entregue novamente ao desembarcar.


Com isso, é possível se deslocar no aeroporto com maior facilidade, em vez de despachar o carrinho com a mala comum antes do necessário.


Protegendo a bagagem

Vale mencionar que é sempre indicado fechar as suas malas com um cadeado. Outra opção é o adesivo lacre de segurança, que certamente protegerá os seus pertences durante todo o voo.


Muitas companhias aéreas também oferecem lacres para os clientes que se esqueceram de fechar as suas malas, justamente para que eles tenham a segurança de despachar as suas bagagens com maior tranquilidade.


Outras considerações sobre bagagens

Quem deseja levar líquidos na viagem pode ter uma série de dúvidas sobre permissões e restrições.


Dentro do avião, por exemplo, é possível levar até cinco litros, em formatos como pasta, creme, aerossol ou gel. Sendo assim, para quem quer levar um shampoo antiqueda sem sal, é necessário dosar a quantidade do produto antes de embarcar em voos nacionais.


Nos internacionais, existem regras que limitam os líquidos a frascos de até 100 ml, e que devem preferencialmente estar dentro de sacos plásticos fechados de modo hermético.


Para as bebidas, o passageiro tem o direito de levar até cinco recipientes com até um litro cada, e o percentual alcoólico desses produtos está limitado a 70%. Elas devem ser mantidas dentro da embalagem comercial.


Quem ultrapassa esses limites precisará descartar a quantidade excedente e, por isso, se planejar é essencial para não ter prejuízos.


Levar uma bagagem de mão e um item pessoal, como uma bolsa ou mochila, é fundamental para que os passageiros tenham maior conforto durante o voo e possam acessar os seus pertences sem dificuldades.


Sendo assim, se você vai viajar e sabe que precisa levar alguns objetos para serem usados durante o percurso, não deixe de organizar adequadamente a sua bagagem de mão, podendo, assim, ter uma viagem mais tranquila e devidamente equipada.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo
Quem vai e quem fica - Marca.png
amazon prime
Júlia Orige
Blogueira de viagem
Oi gente, eu sou a Júlia e o Quem vai e quem fica é o espaço onde eu organizo todos os meus conteúdos de viagem. Pra te guiar pelas suas próximas aventuras.
Aqui eu ofereço os meus erros e os meus acertos para que você possa viajar melhor e mais fácil
Me acompanhe diariamente no Instagram
Para falar sobre parcerias e publis mande um email para juliaorige@gmail.com
  • Instagram
  • TikTok
  • YouTube
  • Pinterest
pacote-sao-luis-lencois-maranhenses-segu

Dicas de viagem em destaque:

Reserve sua viagem aqui:

Organize a sua viagem:

Vídeos de viagem no YouTube:

kindle unlimited