• Autor

O que levar na mala: 10 dicas de organização



Saber o que levar na mala é sempre um trabalho difícil. Afinal, é preciso planejar o vestuário de acordo com o seu itinerário, além de levar em consideração as condições climáticas do local de destino, sem esquecer de separar aquela roupa para um dia especial.


Além disso, quando esquecemos algo em uma viagem, é sempre uma dor de cabeça. Um simples sabonete pode fazer falta, ainda mais quando não sabemos o que esperar da hospedagem e como será a sua jornada.


Por isso, o melhor é separar tudo com antecedência, anotar os seus itens essenciais em um bloco personalizado 10x15, para não chegar na hora “H” e ficar com aquele sentimento de que está esquecendo alguma coisa.


No artigo de hoje, saiba o que levar na mala e confira algumas dicas de organização para deixar tudo pronto para a sua viagem. Acompanhe a leitura!


1 - Escolha a mala certa

Pode até parecer meio óbvio, mas escolher a mala certa também é algo que demanda planejamento - e vai influenciar em toda a organização das suas roupas e itens pessoais.


Por exemplo, em uma viagem de negócios, com poucos dias de duração, uma mala estilo vintage pode facilitar o transporte e, até mesmo, combinar com o seu vestuário mais executivo, sem que você precise sair por aí carregando um equipamento enorme.


Se você vai passar um mês viajando para o exterior em férias, talvez levar uma mala maior, com capacidade para guardar mais itens, é a pedida certa para não esquecer nada para trás.


Além do mais, é importante verificar a qualidade da bagagem. Malas mal costuradas, com revestimento escasso e poucos recursos, podem ser péssimas para viagens (principalmente, as internacionais).


Corre-se o risco do seu equipamento quebrar totalmente, fazendo com que você perca seus pertences, roupas e tenha uma tremenda dor de cabeça na viagem.


Em alguns casos, há malas confeccionadas com uma espécie de freios para veículos, que permitem o transporte mais fácil do equipamento.


2 - Faça uma lista

As listas já são famosas para organizar viagens, mas muitas pessoas esquecem delas na hora de arrumar as malas. Mas, elas garantem que você não esqueça o que é primordial e possa aproveitar ao máximo do passeio.


Hoje em dia, existem muitos aplicativos voltados especificamente para a organização de viagens. Mas, se você é das antigas e não dispensa um bom bloquinho de papel, faça anotações em uma agenda personalizada com nome.


Verifique alguns principais pontos da sua viagem, como:


  • Qual o motivo da viagem (lazer, intercâmbio ou trabalho)?

  • Quantos dias de viagem?

  • O clima é frio ou calor?

  • Quais atividades estão programadas?


As respostas para essas perguntas vão te auxiliar a definir melhor o que vai na sua mala.


Além disso, te ajuda a pesquisar mais sobre o local de destino e, desse modo, não esquecer nada na hora de botar o pé na estrada.


3 - Separe os itens de higiene pessoal

Os produtos de higiene pessoal não podem faltar em nenhuma viagem. Por isso, antes de começar a separar suas roupas, lembre-se de pegar todos os seus itens para banho e cuidados com o corpo.


Você pode até comprar produtos de higiene pessoal atacado já separados para a viagem. Afinal de contas, alguns itens, como shampoos e sabonetes líquidos, precisam de cuidados especiais, com frascos bem vedados, evitando o vazamento nas roupas.


Por isso, enquanto você estiver separando seus produtos de higiene pessoal, lembre-se de usar uma embalagem própria para cada um deles.


Além do mais, é necessário usar os artigos que você já usa normalmente. Por exemplo, se você lava os seus cabelos com shampoo antiqueda sem sal, não tente mudar o produto no momento da viagem.


4 - Combine os seus looks

Ao invés de sair por aí colocando roupas aleatoriamente na mala, vale a pena separar os vestuários que combinam entre si, formando looks dos mais variados estilos. Isso ajuda na organização da bagagem, além de evitar o excesso de peças.


Uma forma de aproveitar ainda mais o espaço é dobrando as peças que combinam juntas.


Assim, você já tem uma diversidade de looks para usar na viagem e não precisa se preocupar na escolha das roupas.


Outra opção é tirar fotos do que você vai vestir e guardar estas imagens no celular. Assim, você já tem tudo registrado!


5 - Dê preferência para os tecidos que não amassam

Para facilitar a sua vida longe de casa, uma dica é optar pelos tecidos que não amassam, já que nem sempre você terá à disposição um ferro para passar a roupa.


Imagina levar aquele vestido que você tanto ama, mas na hora de tirá-lo da bagagem, ele está todo amassado, sem nenhuma condição de vesti-lo? É extremamente frustrante!


Por isso, já separe as roupas com tecidos leves, que não amassam e são fáceis de lavar (assim, caso uma peça tenha que ser lavada, você pode fazer isso com mais facilidade).


6 - Não esqueça do kit de primeiros socorros

Fora as roupas e os produtos de higiene pessoal, é importante levar um kit de primeiros socorros para todos os tipos de viagens - até em passeios que duram poucos dias, como um único final de semana (nunca se sabe o que pode acontecer em uma viagem).


Aliás, quem faz uso de remédios controlados ou já tem histórico de alguma enfermidade recorrente, como enjoos, asma e outros problemas, deve ter ainda mais atenção ao kit de primeiros socorros.


Uma dica é andar sempre com as prescrições médicas, ainda mais no caso de medicação controlada. Em alguns locais, há restrição quanto ao transporte de medicamentos, por isso, sempre tenha em mãos as embalagens originais e receitas.


Vale dizer, ainda, que em alguns países não é permitida a entrada de remédios. Por isso, informe-se bem sobre o seu destino na hora de montar o seu kit.


7 - Separe os produtos de beleza

Seja uma viagem de negócios ou de férias, é importante ter sempre em mãos aqueles produtos que “salvam a vida” na hora de fazer um passeio e se arrumar.


Há quem não largue mão de uma boa maquiagem. Mas, há artigos indispensáveis, como uma escova de cabelo infantil personalizada para as crianças, um bom perfume e produtos para cuidar da pele.


Uma dica é fazer a separação desses artigos junto com os produtos de higiene pessoal. Com isso, é possível evitar quaisquer esquecimentos.


8 - Etiquete todos os seus pertences

Essa dica é fundamental para quem vai fazer viagens internacionais ou se hospedar em hostels, dividindo quartos com outras pessoas.


Afinal, é uma forma de verificar se você realmente trouxe todos os itens indispensáveis para a sua viagem, bem como roubos e extravios.


Sendo assim, uma recomendação é usar rótulos adesivos personalizados com o seu nome, endereço e telefone. Isso ajuda na identificação e contribui para melhor organização da sua mala.


Para ocupar menos espaço e facilitar o emprego de etiquetas, há a opção de embalar as roupas à vácuo. Essa opção é excelente para vestuários maiores, como jaquetas, sobretudos, entre outros.


9 - Verifique se o hotel oferece equipamentos

Alguns hotéis oferecem secadores, ferro de passar e, até mesmo, itens de higiene pessoal para os seus hóspedes.


Por isso, vale a pena conferir quais acessórios estão inclusos na hospedagem, para que você possa carregar menos produtos na mala.


Para isso, basta entrar em contato com o meio de hospedagem, por telefone ou redes sociais, e perguntar. Em alguns estabelecimentos, é possível consultar essas informações diretamente no site.


10 - Deixe um espaço para compras

Nada de atolar a sua mala de roupas e pertences! Isso pode afetar a sua volta para casa, ainda mais quando se trata de uma viagem de passeio.


É comum que a gente encontre alguns presentes e brindes que queremos levar para nossos entes queridos e amigos. Por isso, sempre deixe um espaço reservado para as compras da sua viagem.


Algumas pessoas gostam tanto de comprar coisas durante as viagens, que levam uma mala completamente vazia, somente com a intenção de enchê-la com lembranças, roupas novas, presentes, entre outros.


Conclusão

Gostou das dicas para organizar a sua mala durante uma viagem?


O artigo de hoje trouxe apenas algumas das recomendações, mas é sempre importante ficar atento ao seu destino, as especificações da viagem e o que realmente não pode faltar na sua mala.


Entretanto, não tem jeito: o principal é se planejar - e isso vale não só para a sua bagagem, mas para o seu itinerário e todas as suas ações durante a viagem!


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


Navegue pelo Quem vai e quem fica:
Páginas principais:
  • Instagram
  • YouTube
  • Pinterest
Assine a nossa newsletter