• Júlia Orige

Roteiro Bruxelas | O que ver na capital da Bélgica em 2 dias?



Roteiro bruxelas

Bruxelas é uma cidade grande em extensão mas com as atrações turísticas relativamente condensadas. Com 104 línguas sendo faladas no cotidiano, a capital belga é habitada principalmente por imigrantes. A diversidade cultural pode ser vista nas ruas, junto com as tradições belgas.


Vai chegar em Bruxelas de avião? Como chegar ao centro da cidade?

Bruxelas tem 2 aeroportos. O aeroporto principal de Bruxelas (Brussels Airport – BRU , ou Aeroporto de Zaventem), que fica a cerca de 12km da cidade e o Aeroporo Charleroi - CRL, que fica a cerca de 60km do centro de Bruxelas. Normalmente as viagens para Charleroi são mais baratas, mas considere o preço final da viagem toda antes de comprar. O que eu quero dizer é: com a distância do centro da cidade, você terá que pegar um ônibus que custa 14 euros (se comprar online) e 17 euros (se comprar na hora). Leva cerca de 1 hora para chegar.


Compre o bilhete de ônibus de Charleroi até o centro de Bruxelas aqui e economize


Eu cheguei por Charleroi e pedi o preço de um táxi, estava dando 115 euros. E o Uber não funcionava na região, só em Bruxelas mesmo.


Encontre as passagens mais baratas aqui


O que fazer em Bruxelas?

Bruxelas é a capital da União Europeia, mas não tem o mesmo esplendor turístico que tem outras cidades europeias mais conhecidas, como Amsterdam ou Paris. Porém, mesmo que não concorra com suas vizinhas em número de atrações turísticas, Bruxelas é dona da praça mais linda do mundo (ao menos para alguns viajantes, você pode ver por si mesmo) e tem uma culinária maravilhosa.


E é por ela que você deve começar. A Grand Place é o coração da cidade, e você pode visitar a maioria das atrações a pé a partir da praça.


Roteiro Bruxelas | Dia 1:


Grand Place

A praça principal da cidade é patrimônio cultural da humanidade pela UNESCO e está rodeada de edifícios históricos lindíssimos. E é aqui que você deve começar a explorar Bruxelas. Dedique algumas horas à Grand Place, sente-se em um dos restaurantes por ali, ou mesmo no Starbucks da praça, e aproveite o clima do local. Sempre há apresentações de artistas de rua e muitos turistas interessados.


A beleza do local é indescritível.


Manneken Pis


Depois de sentir a vibe da Grand Place, siga para a atração mais superestimada da cidade: o Manneken Pis. É o símbolo de Bruxelas, mas é só uma estátua pequenina de um menino fazendo xixi. Mas vá lá e tire uma selfie com ele, só pra registrar.


Galerias Saint Hubert

Um dos primeiros shoppings do mundo fica em Bruxelas. Construído em 1847, para a rainha da época que gostava de fazer compras sem pegar chuva, as Galerias Saint Hubert continuam hoje a exibir seu luxo.


Delirium Village


A Delirium Village fica perto das Galerias Saint Hubert e é um complexo de bares, incluindo o famoso Delirium Café, que é conhecido por oferecer uma longa carta de opções em cerveja. São 2004 tipos de cerveja no cardápio, incluindo, é claro, muitas opções belgas.


Se você gosta de cerveja tem que incluir essa parada no seu roteiro de Bruxelas.


Waffles, ou Gofres


Hora de provar uma comida típica da Bélgica: Waffles. O tradicional é servido apenas com açucar em cima, mas talvez você se impressione com os toppings de frutas, nutella e chantily. Você pode encontrar bons waffles em cada esquina. O típico de Bruxelas é quadrado. Eles costumam custar por volta de 5 euros com os toppings.


Mont des Arts


O Mont des Arts tem um jardim lindíssimo, uma vista para a cidade de tirar o fôlego, barraquinhas de street food e costuma ser palco para vários eventos, como festivais de música. Ali pertinho fica o Museu de Instrumentos Musicais, onde há um restaurante com uma vista maravilhosa. Para entrar no museu é preciso pagar, mas para subir até o restaurante é só pedir para entrar. Os preços são um pouco salgados, como boa parte dos restaurantes em Bruxelas, mas a vista vale a pena!




Roteiro Bruxelas | Dia 2:


Atomium

O Atomium é uma estrutura de ferro, que representa um cristal de ferro aumentado milhões de vezes, e foi construído em 1958 para a Expo 58. É uma daquelas obras de arte que foram feitas para serem temporárias e acabaram ficando indeterminadamente, como a Torre Eiffel.


Para visitar o Atomium você precisa tirar uma tarde, ou manhã, e pegar um ônibus/trem. O transporte público em Bruxelas é um pouco confuso


Preço: 15 euros para subir no Atomium (a visita aos arredores é gratuita)

Com o Brussels Card você ganha 25% de desconto!


Museu de Histórias em Quadrinhos

Além de capital da União Europeia, Bruxelas é também a capital mundial dos quadrinhos. Foi aqui que nasceu Timtim e os Smurfs. O Museu de Histórias em Quadrinhos tem mais de 6 mil obras e é bem interessante para quem gosta desse universo! A grande estrela do museu é o Timtim!


Preço: 10 euros por adulto ou gratuito com o Brussels Card


Vai ficar mais dias em Bruxelas?

Pertinho da capital da Bélgica fica Bruges, uma cidade medieval lindíssima que você tem que visitar se tiver tempo. Veja mais aqui neste link.


Gosta de viajar e quer se inspirar? Me segue no Instagram que eu tô sempre dando dicas legais de viagem por lá!

Navegue pelo Quem vai e quem fica:
Receba dicas de viagem por email:
  • Instagram
  • YouTube
  • Pinterest
Páginas principais:
Atalhos: