• Guia de Investimento

Roteiro de viagem: a importância de planejar antes de viajar



Montar um bom roteiro de viagem é essencial para aproveitar melhor o seu passeio. Isso porque quando apenas planejamos para onde queremos ir, a impressão é de que tudo será perfeito - mas nem sempre é assim.


Ir para uma cidade ou país que você não conhece sem saber os locais que pode frequentar pode fazer a viagem se tornar uma perda de tempo e até mesmo uma dor de cabeça.


A elaboração de um roteiro vai evitar, por exemplo, que você gaste mais do que planejou por ter que alugar carros ou arcar com despesas para passar o dia em um ponto turístico mais afastado.


Apesar de parecer algo fácil, um bom roteiro de viagem pode deixar até os viajantes mais experientes cheios de dúvidas. Por isso, uma ajuda nesse momento é sempre bem-vinda.


Também é importante lembrar que o planejamento é algo pessoal, portanto, o ideal é fazê-lo em uma sala de reunião junto com a pessoa (ou pessoas) que vão te acompanhar.


De qualquer maneira, existem algumas regras que valem para todos e é sobre isso que vamos falar neste artigo. Além dessas dicas, vamos explicar a importância do roteiro para a sua viagem, então, prepare-se para fazer o melhor passeio turístico da sua vida.


Por que planejar um roteiro com antecedência?

Tirar férias e viajar é um dos momentos mais aguardados por muitas pessoas. Mas ele pode ser totalmente prejudicado se um roteiro não for organizado.


Além da organização, essa prática torna o momento mais seguro e evita alguns contratempos, para que sua viagem seja extremamente proveitosa.


Com uma impressão de calendário de mesa, você pode escolher um dia para cada passeio, e assim, curtir os momentos com tranquilidade.


Além disso, quando todos os detalhes são programados com antecedência, você economiza dinheiro e tempo, assim como evita imprevistos que podem colocar tudo a perder.


O roteiro também te ajuda a usufruir cada detalhe dos passeios, para que você consiga conhecer bem uma nova cultura, apreciar a gastronomia local, dentre outras vantagens de uma viagem bem aproveitada.


Sem falar que é fazendo esse roteiro que você descobre alguns itens importantes, como a documentação exigida, logística do passeio e até itens que você precisa comprar.


Assim sendo, já que você sabe qual é a importância de um bom roteiro de viagens, no próximo tópico vamos dar algumas dicas para você montar o seu. Confira!


Dicas para elaborar um roteiro

Para ter uma experiência inesquecível, o melhor é não deixar nada para a última hora. Portanto, comece a planejar o quanto antes, com pelo menos 6 meses de antecedência, principalmente se a viagem for muito longa ou para o exterior.


É assim que você vai aproveitar melhor as sugestões do folder de viagem, separar a documentação e juntar o dinheiro que vai precisar.


É importante pesquisar sempre, e a internet é uma mão na roda quando se trata disso. Inclusive, é possível encontrar alguns aplicativos apropriados e buscadores especializados em hotéis.

Levando esses aspectos em consideração, vamos ao que interessa. É hora de planejar o seu roteiro, e algumas dicas para isso são:


1 - Definir onde vai visitar

O primeiro passo é saber quais lugares você quer visitar. Se você não tem um destino dos sonhos ou ele ainda está fora do seu orçamento, existem algumas possibilidades interessantes, como:

  • Praias;

  • Montanhas;

  • Vilarejos;

  • Metrópoles;

  • Museus;

  • Cidades históricas.

O Brasil tem muitos destinos que reúnem todos esses passeios e pode ser um bom começo antes de você ir para outros lugares do mundo.


2 - Tempo de permanência

Para organizar o seu roteiro e ainda marcar as despesas em um talão de orçamento personalizado, é fundamental saber quantos dias você vai ficar fora.


Devemos considerar o fato de que algumas cidades demandam mais tempo do que outras para que você possa desfrutar de todas as atrações.


Uma boa dica é conversar com pessoas que já estiveram no destino que pretende ir, pois assim você poderá fazer uma lista com todos eles.


Tendo essa lista em mãos, já pode começar a descartar aquilo que não lhe interessa ou que talvez você não tenha tempo de visitar.


3 - Pesquisar preços

É essencial que você saiba os valores atualizados de cada uma. Da mesma forma, o ideal é pesquisar sobre fretamento para excursões que saem mais baratos do que ir por conta própria.


Claro, não se esqueça de verificar o valor da hospedagem com antecedência, pois seria muito chato ter que encurtar a viagem por não poder se hospedar por mais tempo.


Os hotéis, hostels e pousadas são boas opções, mas, hoje em dia, você pode alugar outros tipos de acomodações por valores mais acessíveis.


Por exemplo, existem sites especializados em locação de imóvel para temporada. Você pode alugar um apartamento inteiro no exterior pelo período todo da viagem, pagando mais barato do que um quarto de hotel.


A única diferença, que pode pesar para algumas pessoas, é o fato de não contar com alguns serviços, como café da manhã e arrumação dos aposentos.


Alugar um imóvel nessas condições é assumir algumas tarefas da casa, como manter o mínimo de limpeza e organização.


Então, se escolher se acomodar dessa maneira, é essencial incluir um tempo em sua agenda personalizada com logo para cuidar desses afazeres durante a viagem. Assim, você não vai perder tempo com nada fora do seu planejamento.


4 - Consulte os horários das atrações

Muitas atrações têm um horário específico de funcionamento. Saber sobre eles é essencial para que você possa se organizar melhor e não perder tempo.


Fica mais fácil montar o cronograma dia a dia e frequentar os lugares mais badalados, que atraem a presença de muitas pessoas ao mesmo tempo.


5 - Ter um dia livre

Não ocupe 100% do tempo da sua viagem com um roteiro pré-estipulado, porque é mais comum do que se imagina descobrir um lugar para ir só quando estiver lá.


Se você deixar um dia livre, poderá usá-lo como quiser. Por exemplo, se você conheceu um pessoal interessante que te convidou para visitar uma cachoeira que nem imagina que existia, poderá ir sem sacrificar outros pontos.


Ou ainda, um dia livre te permite ir àquela festa que seu vizinho de quarto convidou usando convites personalizados.


Sem falar que você pode aproveitar para fazer uma caminhada pelas ruas do seu destino. Assim, você pode aproveitar um passeio diferente e ainda conhecer pontos que outros turistas nem sabem que existem.


Tendo o roteiro organizado nesse nível, você tem mais liberdade para planejar a sua viagem pela perspectiva financeira. No tópico a seguir, vamos mostrar como.


Como definir o orçamento da sua viagem?

De nada adianta rechear o seu roteiro se não tem dinheiro para visitar todos os lugares. Seja prudente quanto a isso para não gastar mais do que deveria ou ficar sem dinheiro no meio da viagem.


Por isso, é fundamental saber quanto vai custar uma lembrancinha para os familiares e amigos, uma refeição em um restaurante local ou o valor de um ingresso em parques e outros lugares do tipo.


O orçamento é importante para que a sua viagem tenha todo o conforto possível, como incluir um kit café da manhã.


É preciso saber exatamente o quanto você vai precisar para que a sua viagem seja tranquila e não te coloque em momentos de apuros.


Além disso, um bom planejamento financeiro garante mais economia, assim, você não prejudica a sua rotina depois que voltar da viagem.


Analise com calma a sua situação financeira e o quanto você realmente dispõe no momento. Veja se o período que pretende passar fora é compatível com o seu bolso, assim como o destino e os passeios que pretende realizar.


O tipo de viagem também conta neste aspecto, então, se uma viagem internacional está mais cara agora, você pode optar por um destino nacional ou esperar mais um pouco para juntar a quantia que precisa.


Se for viajar para outro país, não se esqueça de calcular os gastos por lá com base na moeda corrente de lá. Entre real, dólar e euro existe uma grande diferença que pode ser um inconveniente para o seu bolso.

Leve em conta quanto cada pessoa vai gastar, para que ninguém passe vontade ou a viagem seja um fracasso por não poder fazer tudo o que gostaria.


Conclusão

Tirar férias do trabalho é uma boa opção para poder melhorar a sua produtividade e voltar com força total.


Por isso, na hora de viajar, saiba aproveitar cada momento com tranquilidade e organização. O roteiro de viagens é a melhor maneira de garantir isso, principalmente agora que você já sabe como fazer.


Então, é só arrumar as malas e aproveitar cada segundo desses dias que com certeza te farão muito bem

.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo
Quem vai e quem fica - Marca.png
amazon prime
Júlia Orige
Blogueira de viagem
Oi gente, eu sou a Júlia e o Quem vai e quem fica é o espaço onde eu organizo todos os meus conteúdos de viagem. Pra te guiar pelas suas próximas aventuras.
Aqui eu ofereço os meus erros e os meus acertos para que você possa viajar melhor e mais fácil
Me acompanhe diariamente no Instagram
Para falar sobre parcerias e publis mande um email para juliaorige@gmail.com
  • Instagram
  • TikTok
  • YouTube
  • Pinterest
pacote-sao-luis-lencois-maranhenses-segu

Dicas de viagem em destaque:

Reserve sua viagem aqui:

Organize a sua viagem:

Vídeos de viagem no YouTube:

kindle unlimited