top of page
Quem vai e quem fica - Marca.png

Quer receber promoções de viagem?

Entre no meu canal de transmissão no Instagram! Sempre que eu acho algo que está valendo a pena de verdade eu mando o link por lá. São promoções de viagem selecionadas por uma curadoria humana. 

Como visitar o Foro Romano e o Monte Palatino: um mergulho na história de Roma

Atualizado: 28 de mai.

Se você está planejando uma viagem a Roma, o Monte Palatino e o Foro Romano são paradas obrigatórias. Esses locais históricos não só são impressionantes pela sua grandiosidade, mas também pela riqueza de história que carregam, repletos de ruínas e vestígios da antiga civilização romana.


O Foro Romano e o Monte Palatino ficam grudados um no outro, fazendo parte de um único sítio grande arqueológico, com uma entrada só. Então quando você começar a visita a um, tem que ver tudo. O ingresso para o Foro Romano e para o Monte Palatino é parte do ingresso do Coliseu, não tem como comprar separadamente.

Então é bom você planejar a sua visita contando com todas as três atrações. Você vai comprar o ingresso pro Coliseu com hora marcada e a partir da sua hora de entrada no Coliseu, tem 24hrs para entrar no Foro Romano e Monte Palatino. Então é possível ver em dois dias separados ou no mesmo dia.


Nesse post separei algumas dicas de como aproveitar bem a sua visita!


Colinha de viagem para o Monte Palatino e Foro Romano:

  • Use a entrada lateral para evitar filas, é muito menos cheia. Localização aqui.

  • Planeje a sua visita ao Foro Romano e ao Monte Palatino no dia seguinte da sua visita ao Coliseu, para conseguir aproveitar melhor e cansar menos

  • Comece a visita pelo Monte Palatino, que é mais no alto. Sou a favor do maior esforço físico no começo do passeio para evitar fadiga.

  • Compre o ingresso online para evitar filas! (absolutamente essencial)




Monte Palatino: O Berço de Roma

O Monte Palatino, um dos sete montes de Roma, é considerado o berço da civilização romana. Segundo a mitologia, foi aqui que os gêmeos Rômulo e Remo foram encontrados pela loba que os amamentou, e onde Rômulo fundou Roma em 753 a.C.


É a parte mais alta do sítio arqueológico, onde você vai encontrar ruínas de alguns palácios, algumas mais preservadas, outras menos.

monte palatino em roma
Monte Palatino

Além de seu significado lendário, o Monte Palatino em Roma serviu como residência da elite romana, incluindo imperadores. Passear por ali é viajar no tempo, com ruínas de palácios majestosos, como a Casa de Augusto e o Palácio de Domiciano, que mostram a grandiosidade da vida imperial.


Um pouco mais pra baixo, os Jardins Farnese, um dos primeiros jardins botânicos da Europa, oferecem vistas panorâmicas da cidade. As ruínas, apesar do desgaste do tempo, ainda refletem a opulência da antiga Roma, o Monte Palatino é uma visita essencial para qualquer amante de história.


Mas eu já te aviso, caso você não seja tão amante da história assim, que são ruínas. Muitas ruínas. E é isso. Pode ser incrível e encantador, pra quem gosta de andar e imaginar como era há 2 mil anos. Mas também pode ser chato se você não conhece a história de Roma.


Recomendo ver alguns filmes e documentários antes de ir, se você não está muito familiarizado com a história do Império Romano. Vai enriquecer muito a sua viagem para Roma.




Foro Romano: O Centro da Vida Pública Romana

O Foro Romano, situado no vale entre o Monte Palatino e o Monte Capitolino, era o epicentro da vida pública na Roma Antiga. Este complexo de ruínas abrigava templos, praças e edifícios governamentais onde aconteciam importantes eventos políticos, religiosos e sociais.


Entre os monumentos mais notáveis estão o Templo de Saturno, um símbolo da riqueza da cidade, e o Arco de Tito, erguido para comemorar a vitória sobre Jerusalém. A Basílica de Maxêncio e Constantino, com suas impressionantes dimensões, que destaca a grandiosidade arquitetônica do período.


Passear pelo Foro Romano é mergulhar na história do Império Romano, imaginando senadores debatendo políticas e cidadãos discutindo negócios. Cada pedra e coluna conta uma parte da história de Roma, desde seus primórdios até seu apogeu como capital de um vasto império.


As ruínas preservadas permitem que os visitantes vislumbrem a vida cotidiana dos antigos romanos, tornando o Foro Romano uma visita maravilhosa para entender a alma da Roma Antiga.


Dica: a maior parte do Foro Romano é à céu aberto, mas tem um museu fechado que mostra artefatos achados no local e até ossadas. A maioria dos turistas passa reto e não entra nesse museu, mas ele vale muito a pena. É onde tem o Templo de Roma e Vênus e onde você consegue uma vista perfeita pro Coliseu (ótimo pra fotos sem turistas).

O museu do Foro Romano fica ao lado do Arco de Tito, do lado oposto ao que vai pro Monte Palatino. Ou seja, à direita de quem vem do Coliseu. Eu assinalei ele no mapa aqui.


Fotos do Foro Romano


Como evitar filas para entrar no Foro Romano e Monte Palatino?

As filas para o Foro Romano e Monte Palatino são enormes, enormes mesmo. Independente se você comprar o ingresso com acesso rápido ou fura-filas. Tem tanta gente comprando ingresso fura-fila que já tem uma fila especial pra furar a fila.


Mas existe um hack pra driblar isso. A maioria das pessoas entra pela entrada principal do Foro Romano, que é em frente ao Coliseu, passando pelo Arco de Tito. O que significa que a fila está toda concentrada ali. É por ali que o Google Maps te manda e é por ali que todos vão.

Porém existe uma segunda entrada, que bem menos gente usa. Que é pela lateral, eu assinalei ela no mapa abaixo com o gatinho preto. Porque é um "pulo do gato".


Nesse mapa você vai encontrar o local perfeito pra tirar fotos com o Coliseu sem turistas e a entrada do Museu do Foro Romano. Pra navegar é só ir clicando nos ícones.


Como comprar ingressos pro Foro Romano e pro Monte Palatino?

Os ingressos para o Coliseu incluem a entrada no Foro Romano e Monte Palatino, não tem como comprar separadamente. E nem imagino porque alguém faria isso, na verdade. Não dá pra ir a Roma e não visitar o Coliseu. Ou não deveria ter como.


Você pode comprar os ingressos direto na bilheteria (tempo estimado de espera de 2hrs), pelo site oficial do Coliseu ou por algum revendedor como o Get Your Guide.

O meu ingresso para o Coliseu eu comprei com tour guiado também, paguei mais caro mas achei que valeu super a pena. Eu fui em um tour no Coliseu (em inglês) e depois fiquei livre para explorar o Foro Romano e Monte Palatino.



Saiba mais no vídeo:

Existem vários tipos de ingresso que dão acesso ao Coliseu, ao Foro Romano e ao Monte Palatino. O que muda entre os tipos é o acesso ao Coliseu. Então para escolher o seu ingresso eu recomendo que você leia esse post aqui.


Outras dicas de viagem de Roma aqui no Quem vai e quem fica:


Veja também meu mini guia de Roma:


0 comentário

Comentarios


bottom of page