Newsletter de promoções de viagem:

  • Júlia Orige

O que visitar em Évora, Portugal? Roteiro completo de 24hrs com preços

Atualizado: 7 de out. de 2021


Conhecida internacionalmente pela Capela dos Ossos, Évora é uma pequena cidade histórica no Alentejo. Com direito à um Templo Romano, aqueduto e muralhas de pedra. A visita à Évora normalmente é encaixada como um bate e volta de Lisboa durante a viagem.


Nesse post eu montei um roteiro de Évora pra você, prontinho pra usar. Ele pode ser encaixado todo num dia só ou, se você preferir dormir em outra cidade, em dois dias com mais calma.


A cidade toda foi eleita como Patrimônio Mundial pela UNESCO e é considerada um museu à céu aberto.


Évora é muito indicada como "cidade medieval" mas ela é muito mais antiga do que isso. Há vestígios de ocupação humana pré-histórica no local, passando pelo Império Romano, pelas migrações celtas, visigodas, suevas e árabes, representando a miscelânea cultural que formou Portugal.


Eu recomendo uma visita à Évora a todos que viajam para Portugal, pra mim faz parte do roteiro essencial do país.


No fim desse post eu deixei um orçamento de viagem para esse roteiro específico, considerando os 4 perfis de viajante que eu sempre penso quando dou os preços aqui no blog: mochileiro, econômico, conforto e luxo.


Para ver outros roteiros de viagem com preços clique aqui


O que visitar em Évora: roteiro completo de 24 horas com preços

Eu vou supor que você vá conhecer Évora partindo de Lisboa, porque é o mais comum. Mas caso você esteja partindo de outro lugar, faça uma simulação de trajeto no Rome2Rio.


Como chegar em Évora partindo de Lisboa

Para chegar em Évora você pode ir de ônibus, de trem ou de carro. Évora fica a cerca de 1hr30min de Lisboa, então creio que não valha a pena pegar um táxi ou um transfer por exemplo. Recomendo a viagem de ônibus ou de trem, a não ser que você esteja fazendo uma viagem mais longa por Portugal e tenha a intenção de alugar um carro por alguns dias.


Indo para Évora de ônibus:

Preço: 9 à 16 euros

Empresas: Flixbus (a mais barata) ou Rede Expressos (nacional)

Tempo: 1h20min

Pontos de partida: Oriente (recomendo) ou Sete Rios (o trajeto aumenta para 2h30min)


Indo para Évora de trem:

Preço: 10 à 15 euros

Empresa: CP - Comboios de Portugal

Tempo: 1h33min

Pontos de partida: Oriente


Pessoalmente quando eu for novamente à Évora vou preferir ir de trem, porque é mais confortável e não muda em quase nada o preço.


Alugando um carro e indo para Évora:

Preço da gasolina: 15 à 22 euros

Tempo: 1h20min


Ps. Esses preços cobrem somente a ida, dobre para ter o preço da ida e volta.


Évora: bate e volta ou pernoite?

A cidade é bem pequena, é super possível conhecer em apenas um dia. Mas se você tiver tempo e quiser aproveitar com mais calma, vale uma pernoite em Évora. Além disso, você pode se estender um pouco mais e conhecer as vinícolas alentejanas.


Hotéis em Évora: onde se hospedar?

Todas as atrações de Évora ficam à distância de uma pernada, então recomendo ficar no centro histórico mesmo, dentro das muralhas. Veja os melhores hoteis e hostels aqui:


Dia 1 | Roteiro de Évora

Chegada + Igreja São Brás + Capela dos Ossos + Praça Giraldo

Se você não for dormir na cidade, recomendo pegar o trem em Lisboa logo cedo, para aproveitar bem o dia em Évora.


A estação de trem de Évora fica fora das muralhas da cidade antiga, hoje Évora se estende para além das muralhas, tendo uma parte mais moderna. Mas a estação é bem perto das muralhas, logo você já vai ver a entrada. Eu assinalei a estação e as atrações desse roteiro aqui no meu mapa mundi de dicas de viagem. É só dar um zoom na região de Évora, ou pesquisar "Évora" na barra de pesquisa.


Igreja de São Brás

Ainda fora das muralhas você vai encontrar a Ermida de São Brás, uma construção de 1480, muito bonita e com ares de castelinho. Ela foi construída num local onde eram tratados os doentes da peste na Idade Média. São Brás é o protetor das vítimas das epidemias. A igreja é muito bonita - mais por fora do que por dentro - mas vale dar uma passada.


Andando um pouco mais você vai encontrar uma das portas da cidade, são partes da muralha medieval que ainda estão de pé.


Capela dos Ossos

A Capela dos Ossos é provavelmente a atração mais conhecida de Évora, assombrosa e sóbria ao mesmo tempo. Eu escrevi um post só sobre a capela aqui.

Preço Capela dos Ossos: 5 euros


Praça do Giraldo

É a praça principal da cidade, com vários restaurantes ao redor, lojinhas turísticas, um chafariz e uma igreja.


Almoço | Évora

Para o almoço em Évora eu recomendo ou a Taskafina, para orçamentos mais baixos (quase todos os pratos são menos de 10 euros e um copo de vinho é 1 euro) ou a Bruxa D'Évora para orçamentos mais avantajados (uma média de 15 euros o prato).


Ambos são restaurantes de comidas típicas da região, você vai encontrar alguns pratos diferentes de Lisboa. Alguns nomes são meio ~ pegadinhas? ~, pergunte o que é antes de pedir. Os vinhos alentejanos são muito bons, os embutidos de porco preto também, experimente.


A escolha do restaurante define a ordem das próximas atrações. Porque a Bruxa D'Évora é perto do Templo Romano, enquanto a Taskafina é mais perto do Aqueduto.


Além dessas opções você pode encontrar vários restaurantes locais só passeando mesmo, não é difícil e os preços em Évora são bem acessíveis.


Tarde | Évora | Rua 5 de Outubro + Sé + Templo Romano + Aqueduto

Depois do almoço tire um tempinho para caminhar pela Rua 5 de Outubro, que é o melhor lugar para ver artesanatos e produtos regionais do Alentejo.


Andando por ali você vai chegar na Sé de Évora, a maior catedral medieval de Portugal.


Viajando por Portugal nota-se que as Sé's, ou seja as catedrais medievais das cidades são bem parecidas. Seguem um mesmo modelo de projeto, com pequenas diferenças entre si. Mas a Sé de Évora é claramente maior do que suas parentes pelo país.


Sé de Évora

evora
Sé de Évora

Ela começou a ser construída em 1186 e foi terminada em 1250. Mas teve várias adições arquitetônicas ao longo dos séculos. A catedral tem um museu de Arte Sacra muito interessante também.


Preço:

Catedral + Claustro + Vista panorâmica + Museu: 4,50€

Catedral + Museu: 4,00€

Catedral + Claustro + Vista panorâmica: 3,50€

Catedral + Claustro: 2,50€

Catedral: 2,00€


Templo Romano de Évora

templo romano de évora

Um dos monumentos romanos mais notáveis e bem conservados da Península Ibérica, o templo de Évora, também conhecido como Templo de Diana, foi erguido aqui no século I. Ele foi construído em homenagem ao Imperador Augusto.


Desde então teve vários usos, já foi casa-forte do castelo de Évora e matadouro. Sofreu várias destruições ao longo dos séculos, mas ainda mantém sua planta original e boa parte das colunas. Ele fica numa praça aberta, não há entradas.


Inclusive tem vários cafés perto com uma vista deslumbrante.

templo romano de evora
Templo romano de Évora com a Sé atrás

Aqueduto da Água de Prata

evora
Foto WikiMedia Commons

O aqueduto de Évora é uma construção renascentista, que além de fornecer água para a cidade servia para embelezar o perímetro urbano. Ele foi terminado em 1537 e impressiona até hoje.


Agora, se você vai voltar para dormir em Lisboa, é hora de ir embora correndo para não perder o trem... (mas antes passe na Fábrica dos Pastéis e agarre um ou dois doces pra viagem)


Noite | Évora

Hora de provar os vinhos alentejanos tão apreciados mundo à fora. Aproveite que você está numa cidade-museu e procure um bar com esplanada (mesinhas na rua). Recomendo conhecer a TascaTosca que é um wine bar com muitos petiscos alentejanos de lamber os dedos.


Em Évora há muitos bares e restaurantes num estilo de taberna, com cara de cidade medieval. A comida é caseira e saborosa, se você puder passar a noite em Évora aproveite esses ambientes.


Dia 2 | Évora | Fábrica dos pastéis

Para fechar a lista de visitas obrigatórias em Évora, vá tomar um café da manhã com muitos doces na Fábrica dos Pastéis. É a melhor pastelaria de Évora, com preços acessíveis e doces conventuais fresquinhos.


Ela fica pertinho do Templo de Diana, então ainda dá pra você dar mais uma olhadinha nele.


Caso você tenha mais tempo para aproveitar em Évora, você pode experimentar um passeio por uma tradicional fazenda de cortiça (com almoço), um passeio pelos monumentos megalíticos da pré-história nos arredores de Évora ou uma excursão para Monsaraz, uma vila medieval perto de Évora, com degustação de vinhos.