Newsletter de promoções de viagem:

  • Júlia Orige

SALVADOR: Roteiro completo de 7 dias (com preços)

Atualizado: 18 de mar.


Vai viajar para a capital baiana e ainda não sabe o que fazer em Salvador? Vem comigo que eu tenho um roteiro completinho de 7 dias pra você, e no final tem até orçamento pronto pra só aplicar na sua viagem.


Salvador foi a primeira capital do Brasil, o primeiro grande centro urbano do nosso país e a porta de entrada para colonizadores, imigrantes livres e escravos. A cidade demonstra a história do Brasil, da mistura de povos e culturas. São centenas de igrejas banhadas em ouro, em contraste com a música de rua, as festas e as praias.


A Bahia está sempre pronta para receber bem os turistas, com comida gostosa e muito sol!


Para fazer esse roteiro de viagem para Salvador eu me baseei na minha experiência real por lá. Estive duas vezes em Salvador, a primeira fiquei 7 dias no Hostel Barra e na segunda vez fiquei 20 dias na casa de uma "amiga". Então tive a oportunidade de conhecer a cidade de uma forma mais turística e depois de um jeito mais morador.


Você pode ver também o vlog da minha primeira viagem a Salvador, que eu fui sozinha.


Nesse roteiro de 7 dias em Salvador eu separei as atrações turísticas imperdíveis em uma primeira viagem, com um tempo bem distribuído, dando para aproveitar bem cada lugar. No final do post eu deixei o orçamento de viagem para esse roteiro, considerando todos os gastos envolvidos nesses passeios.


Navegue pelo post:


Como ir do aeroporto de Salvador para o centro ou hotel?

O aeroporto de Salvador fica na região norte da cidade, a cerca de 10km da praia de Itapuã, o ponto turístico mais próximo. Para sair do aeroporto até o centro de Salvador ou até o seu hotel você pode optar por Uber, transporte público, aluguel de carro ou transfer.


Eu optei pelo Uber todas as vezes, para ir do aeroporto de Salvador até a Barra deu R$ 43 e de Itapuã até o aeroporto deu R$ 12.


Se você for alugar um carro, pode já pegar na agencia do aeroporto. Os alugueis de carro no nordeste são bem em conta até, minha dica é: se você tem conta no Smiles faça uma simulação de aluguel por lá. Quando eu fiz estava bem mais barato do que alugar fora do Smiles. Inclusive já é uma ótima forma de acumular milhas.


Se a sua prioridade for economizar, dá para pegar o transporte público na saída do Aeroporto. O metrô da cidade tem um serviço de vans que busca os passageiros gratuitamente, em 5 minutos você chega no metrô de Salvador e dali pode se virar.


Só não recomendo muito essa opção porque acho perigoso, em Salvador é muito comum ter assaltos em transporte público e você vai estar com alguma mala, mesmo que pequena. Além disso o metro não vai até a Barra, Rio Vermelho ou Ondina, que é onde é melhor para se hospedar.


Agora, se você vai para fora de Salvador, para um dos resorts que tem ali para cima na praia do forte, Guarajuba, etc, a melhor opção é transfer. Eu recomendo pegar um aqui no Get Your Guide.


Onde ficar em Salvador? Dicas de hospedagem

Existem três lugares mais procurados para ficar em Salvador: Pelourinho, Itapuã e o Farol da Barra. Em questão de segurança a Barra é bem mais tranquila, é um bairro mais nobre e não tem muitos pedintes.


O Pelourinho é o centro histórico, onde tem a maior concentração de atrações turísticas e é cheio de barzinhos. Mas não é uma região muito tranquila para andar a noite, só recomendo se hospedar no Pelourinho se você for numa viagem estilo mochileiro, para ficar num hostel e sair para os bares e baladas.


Itapuã é uma região gostosa de ficar, mas é bem longe de todo o resto, então para se locomover você demoraria muito tempo. Recomendo ficar em Itapuã se sua intenção for ficar por lá mesmo uns dias.


Como eu considero a Barra o lugar ideal para se hospedar, vou deixar na parte de Orçamento de Viagem as minhas indicações de hospedagem nessa região para cada perfil de gastos.


Ou você pode dar uma olhada em onde ficar em Salvador nesse mapa:



O que fazer em Salvador? Roteiro completo para 7 dias de viagem

Dia 1: Chegada + Pôr do sol no cristo + Barzinho na barra

Para o primeiro dia de viagem em Salvador eu deixei reservado a manhã e o começo da tarde para a chegada e instalação no hotel. Estou supondo que você vai escolher se hospedar na Barra ou nos arredores (Ondina, Rio Vermelho), então vamos começar esse roteiro de viagem em Salvador com o clássico pôr do sol no Morro do Cristo.


O Morro do Cristo fica na praia da Barra e funciona como um mirante natural para o pôr do sol. Com a vista do Farol da Barra para emoldurar o espetáculo, uma graminha pra sentar e muitas vezes até uma musiquinha rolando por ali.


o que fazer em salvador
Pôr do sol no Morro do Cristo em Salvador

É um ponto de encontro sagrado entre os turistas e praieros. Só recomendo ver o horário que o sol vai se pôr para não perder o evento. Talvez pra você seja óbvio, mas pra mim que vivi em Florianópolis e Lisboa nos últimos anos o pôr do sol em Salvador parece beeem cedo. Esteja no Morro do Cristo mais ou menos uns 40 minutos antes do que diz a previsão do tempo! Isso vai ser por volta das 17h.


Se você quiser já ver o pôr do sol com um piquenique ou uma cervejinha, na rua do Morro do Cristo tem um mercadinho Sisi. É bem ok de preço e tem bebidas geladas. Eu assinalei o mercado e o Morro do Cristo no mapa mundi de dicas de viagem (como sempre). Lá tem também outros pontos incríveis para ver o pôr do sol em Salvador.


Depois do anoitecer aproveite para caminhar pela orla da Barra até o Farol e achar um barzinho por ali. Tem vários legais com música ao vivo, sem música ao vivo e alguns restaurantes gostosos. Se quiser economizar tem o Shopping Barra ali perto com vários fast food.



Dia 2: Pelourinho + Elevador Lacerda + Mercado Modelo

Vamos conhecer a parte histórica de Salvador? Esse dia tem que começar relativamente cedo, porque no Pelourinho tem muitas atrações diferentes, igrejas, museus, bares...


Se quiser fazer esse passeio pelo Pelourinho com um guia local, dá uma olhada nesse City Tour guiado aqui.


Manhã: Mercado Modelo

Comece o dia pela parte baixa da cidade, recomendo chegar no Mercado Modelo umas 10hrs no máximo. Ele é o mercado público da cidade, numa estrutura na beira do mar. É um lugar para encontrar lembrançinhas, conhecer temperos e apreciar a vista da Baía de Todos os Santos. Se você subir no segundo andar tem um restaurante com uma vista linda.


Porém eu não recomendo que você almoce aqui no Mercado Modelo, é bom também, mas para esse roteiro eu separei um restaurante incrível no Pelourinho. Que é simplesmente inigualável, então eu recomendo segurar um pouco e comer depois lá em cima.


Elevador Lacerda

Depois de visitar o Mercado Modelo de Salvador você vai subir para o Pelourinho pelo Elevador Lacerda, que é um ponto turístico por si só. Ele é um sistema de transporte público, na verdade, que é muito bonito por fora, mas por dentro é só um elevador comum de prédio.


Não é um elevador panorâmico, mas é a melhor forma de chegar na cidade alta sem desgastar os joelhos.


Quando o Elevador Lacerda foi inaugurado em Salvador, em 1873, era o maior elevador do mundo com 63 metros de altura. A estrutura do Elevador Lacerda foi substituída em 1930 e agora tem 72 metros de altura. Ele foi o primeiro elevador urbano do mundo inteiro.


A passagem custa R$ 0,15


Lá de cima, quando você sair do Elevador Lacerda vai ter uma vista sensacional, ótimo para fazer umas fotos.


Elevador Lacerda - Roteiro de viagem de Salvador
Elevador Lacerda - Roteiro de viagem de Salvador

Praça da Sé

Agora, saindo do Elevador Lacerda você vai em direção ao Pelourinho, começando pela Praça da Sé. Ali você vai encontrar o Monumento da Cruz Caída, que está ali em homenagem à antiga Catedral. Na Praça da Sé normalmente tem uma feirinha rolando com artesanatos locais.


Largo Terreiro de Jesus + Catedral Basílica de Salvador

A Praça da Sé faz esquina com o Largo Terreiro de Jesus, a praça principal do Pelourinho. Ali provavelmente vai ter algum grupo tocando música, gente vendendo acarajé e várias pegadinhas de turista.

 

Atenção: Salvador não é uma cidade propriamente segura e acontecem muitos furtos, golpes e assaltos. Evite ser identificado como turista muito na cara dura. Existem dois "golpes" comuns no Pelourinho, o primeiro é oferecer uma pintura corporal "de graça", que depois vai te cobrar uma contribuição involuntária.


E o segundo é oferecer uma pulseirinha de Bonfim, que também rola uma cobrança de uma contribuição involuntária depois. Mas a contribuição não é o maior problema, a questão aqui é que com a pulseirinha e o corpo todo pintado de branco você vira um alvo mais fácil de furtos, assaltos, etc. Porque todo mundo já sabe que você é turista.

 

Aqui eu imagino que já seja por volta do meio dia no seu roteiro de Salvador. Então você pode ir primeiro almoçar ou primeiro na Catedral Basílica de Salvador.


A Catedral é uma das igrejas do ouro. Foi construída em 1657 e levou 18 anos para ficar pronta. É uma construção sacra muito importante na história do Brasil Colônia.


Hoje a Catedral Basílica de Salvador é a sede do arcebispado do Brasil e "mãe" de todas as igrejas católicas brasileiras.


Na parte da igreja mesmo, as paredes são cobertas de ouro. Não tanto ouro quanto no Convento de São Francisco, que você vai ver mais para frente no roteiro de Salvador. Mas o suficiente para impressionar os viajantes.


Atrás do Altar tem uma sala belíssima, o batistério. Não deixe de ir até lá para ver.


Preço do ingresso para a Catedral Basílica: R$ 5


Almoço: Cuco Bistrô

Para o almoço eu sugiro escolher o Cuco Bistrô, ele fica na rua da Igreja e Convento de São Francisco, a mais famosa igreja do ouro. É um restaurante autoral, que serve uma gastronomia moderna mas com base na culinária baiana.


É um restaurante a la carte, um pouco caro, mas vale super a pena. Os sabores são excepcionais, com destaque para a sobremesa Marquise de Tapioca, que é incrível. Você consegue ver o cardápio dele inteirinho no site, com preços e tudo.


Tarde: Convento e Igreja São Francisco + Ladeira do Pelô + Largo do Pelourinho + Casa do Benin

Depois de saborear a culinária única do Cuco Bistrô, vá conhecer a igreja do ouro, a mais dourada de Salvador.


A Igreja e Convento de São Francisco tem as paredes e o teto todo coberto em ouro, é realmente impressionante. Olhá-la de fora não dá a mais mínima indicação do que você vai encontrar por dentro.