top of page
Quem vai e quem fica - Marca.png
  • Foto do escritorJúlia Orige

O que fazer em MONTEVIDÉU em 2 dias? Roteiro completo (com preços)

Atualizado: 2 de mai. de 2023


 o q fazer em montevideo
Palácio Salvo

Montevideo é a capital do Uruguai e um destino turístico imperdível para quem está na América do Sul. A cidade é rica em história, cultura e gastronomia. Se você está planejando uma viagem para Montevideo, veja as principais atrações nesse roteiro de 2 dias de viagem.


A capital do Uruguai oferece um turismo tranquilo, histórico e gastronômico. Dois dias são o suficiente para um bom passeio em Montevideo, se tiver mais tempo considere conhecer Colônia del Sacramento ou Punta del Este. Dá para fazer um bate e volta de carro ou de ônibus. No meu roteiro de viagem pelo Uruguai eu passei também em Piriápolis e gostei bastante.


Navegue pelo post | Roteiro de viagem de Montevidéu
 

#DicasdeViagem: compre seu seguro de viagem com 10% de desconto usando o cupom QUEMVAIEQUEMFICA e pagando no Pix ou boleto

 

Onde ficar em Montevidéu?

A principal atração de Montevideo é a Ciudad Vieja, que é o seu centro histórico. Então recomendo se hospedar por perto, para poder se locomover com mais liberdade.


Eu me hospedei no Hotel Klee, que achei um bom custo benefício de hotel. Fica no centro, dá para fazer muita coisa à pé e tinha estacionamento, o que era importante para mim que estava fazendo meu roteiro pelo Uruguai de carro.


Existem diversas opções de hospedagem em Montevidéu, desde hotéis de luxo até pousadas e hostels. Para quem busca luxo e conforto, o Hotel Sofitel Montevideo Casino Carrasco & Spa é uma ótima escolha. Localizado em uma bela mansão restaurada do século XX, o hotel oferece quartos elegantes e vistas incríveis para o mar. Já para quem procura uma opção mais econômica, o El Viajero Downtown Hostel & Suites é uma boa alternativa. O hostel fica localizado no centro histórico de Montevideo, a poucos minutos a pé das principais atrações da cidade.

Outras sugestões de hospedagem com base no perfil de viajante:


O que fazer em montevideo
Ciudad Vieja

Como levar dinheiro para o Uruguai

Para levar dinheiro para o Uruguai a forma mais barata é com o cartão da Nomad, que é uma conta global em dólar, com cartão multimoedas. Ele funciona mais de 180 países diferentes, inclusive no Uruguai!


A Nomad oferece a melhor cotação para câmbio de dólar, porque trabalha com o dólar comercial e não o de turismo, que é usado pelas casas de câmbio. Além disso tem uma taxa de serviço bem baixa, de 2 a 1% (dependendo do seu nível no Nomad Pass) e trabalha com um IOF de 1,1%.


O Nomad Pass é um programa de fidelidade muito legal que vai baixando a sua taxa de serviço de acordo com a quantidade de dinheiro que você vai adicionando na conta. A partir do nível 2 você pode pedir o cartão físico sem taxas também!


A conta é gratuita e usando meu código de convidado (JULIAORIGE20) você ganha até US$20 de cashback, na primeira vez que adicionar dinheiro na sua conta em até 15 dias. Eu gravei um vídeo mostrando como a Nomad funciona na prática:



Montevidéu é seguro?

Eu achei o Uruguai bem seguro de forma geral, o país foi eleito o mais seguro da América Latina pelo Global Peace Index 2022. Me senti confortável andando em quase todos os lugares e não me preocupei muito com tomar cuidados com bens nem comigo mesma.


Montevidéu é a maior cidade do país, e tem várias pessoas em situação de rua, o que passa um pouco de insegurança. Fomos abordadas por algumas pessoas pedindo dinheiro e uma foi um pouco mais "agressiva" e insistiu muito. Acabamos entrando em uma livraria para despistar.


Mas foi mais uma situação chata do que algo realmente perigoso. Tirando esse incidente, nos 12 dias que passeio no país não senti necessidade de guardar o celular pra passar em algum lugar ou de evitar alguma rua.


Ouso dizer que me senti mais segura no Uruguai do que na maior parte das capitais europeias.

 

Encontre passagens aéreas baratas aqui na 123milhas, eu uso e indico! Tem ótimas promoções de viagem

 

Quanto tempo ficar em Montevidéu?

Para aproveitar o melhor de Montevidéu, o ideal é ficar pelo menos 2 dias na cidade. Com esse tempo, é possível visitar as principais atrações da cidade, experimentar a culinária local e conhecer um pouco da história e cultura do Uruguai. Uma atividade muito interessante pra fazer em Montevidéu é conhecer uma vinícola, elas ficam nos arredores da cidade então o passeio ocupa uma tarde ou manhã inteira, reserve um tempo!


o que fazer em montevidéu

Roteiro completo de 2 dias em Montevideo

Atenção: visite a Ciudad Vieja de terça a sábado, segunda e domingo são dias pouco movimentados. Muitas coisas fecham e você não vai conseguir aproveitar tudo.


Dia 1: Ciudad Vieja + Palácio Salvo + Almoço Mercado del Puerto

Comece o seu primeiro dia em Montevideo com um passeio pela Ciudad Vieja, a parte mais antiga da cidade. Esta é a área onde a cidade foi fundada em 1726, e ainda hoje é possível ver muitos edifícios históricos. Visite a Plaza Independencia, onde está o icônico Palácio Salvo e a estátua do herói uruguaio José Artigas. Depois, caminhe até a Puerta de la Ciudadela, um antigo portão que fazia parte das muralhas da cidade.


Para visitar o Palácio Salvo por dentro é preciso comprar o ingresso com tour guiado e é preciso comprar pelo menos um dia antes. Veja aqui:

Recomendo que você se organize no seu passeio por Montevideo nesse primeiro dia conforme o horário do Palácio Salvo, porque é a única coisa que vai te exigir um horário. Permita-se conhecer as ruas sem compromisso, curtindo os cantinhos da capital uruguaia.


O que ver na Ciudad Vieja:

Adicione na sua caminhada.

Dica: use o Google Maps para marcar os pontos que você quer passar, assim você vai lembrar na hora. Ou acesse o meu Mapa Mundi de dicas de viagem, que já tem tudo marcado.

  • Peatonal Pérez Castellano (rua fechada para carros, de passeio, linda e charmosa)

  • Cafés históricos: Brasilero e La Farmácia

  • Plaza Zabala (uma fofura)

  • Plaza Constituición

  • Museu Andes 1972 (museu do desastre do avião que caiu com 45 passageiros nos Andes, 16 deles conseguiram sobreviver aos 72 dias, se alimentado dos passageiros que morreram)

  • Museu Torres Garcia (artista plástico uruguaio)

  • Teatro Solís (inaugurado em 1856, um dos mais antigos da América Latina, o interior é mais belo que o exterior, tente fazer uma visita guiada ou ver uma peça)

  • Plaza Independencia


o que fazer em montevidéu
Mercado del Puerto | Montevidéu
 

Encontre passagens aéreas baratas aqui na 123milhas, eu uso e indico! Tem ótimas promoções de viagem

 

Almoço no Mercado del Puerto

Uma atração gastronômica imperdível em Montevideo (para quem come carne) é a Parilla Uruguaia, o churrasco deles. E o melhor lugar para experimentar é no Mercado del Puerto. Ele fica na região do centro histórico então dá para chegar a pé e passear nos arredores também.


São vários restaurantes nesse mercado público, pode escolher qualquer um, são bem parecidos. Tem a parte interna do mercado, caso você queira a experiência com camarote para as grelhas. E tem também alguns restaurantes que são mais para fora do mercado, em umas "varandas".


A Parilla é uma delícia. Uma curiosidade é que eles não fazem a carne com sal, a gente que coloca em cima na hora de comer!


Eu comi no restaurante Puerto Marino, no Mercado del Puerto. Gostei bastante da experiência e foi muita comida. Pedimos o prato da casa, que é uma mistura de várias peças. tem frango e alguns cortes bovinos. De acompanhamento vem arroz e batata frita. Sobrou comida, estávamos em duas pessoas e teria dado para 3 ou 4.


parilla uruguaia em montevidéu

o que fazer em montevideo
Media y media

Ps. se você gosta de beber, experimente a Media y Media, um drink típico uruguaio que é a mistura de espumante com vinho branco e fica uma delícia!


Para finalizar o passeio à pé pelo centro histórico de Montevideo você pode ir até o Cabo del Sur, que é um mirante para o Rio da Prata. Ali tem uma orla muito bonita, boa para caminhadas, passeios e sentar para contemplar a vida.


Dia 2: Palácio Legislativo + Bodegas (vinícolas)

Comece o dia conhecendo o Palácio Legislativo, que é um edificio monumental belíssimo. Eles oferecem visitas guiadas por 3 dólares e disponíveis em português todos os dias às 11 horas da manhã. Veja mais informações aqui.


Vale a pena conhecer nem que seja por fora, ele fica um pouco afastado dos outros pontos turísticos e da Ciudad Vieja, por isso acho uma boa opção colocá-lo no roteiro no mesmo dia que você vai visitar uma vinícola, que é fora da cidade.

o que fazer em montevidéu
Palácio Legislativo em Montevidéu

Passeio às vinícolas ou bodegas

Um passeio que vale muito a pena fazer em Montevidéu é ir conhecer uma das vinícolas nos arredores da cidade, que se chamam Bodegas no Uruguai. Tem várias opções e eles oferecem uma degustação e um tour, para mostrar como funciona a produção de vinho.


Eu fui de carro para o Uruguai, então fiz meu passeio para a Bodega por conta. Fui à Bodega Catillo Viejo, eles oferecem degustações com aperitivos ou almoço. Eu peguei a degustação com aperitivos, que foram empanadas, azeitonas e pãezinhos com patê.


Bebemos 4 vinhos diferentes e um espumante. Estava tudo uma delícia, acho que valeria a pena pegar o pacote de almoço. Nós pagamos 20 dólares cada, as degustações são cobradas em dólar ali.


Na Bodega Castillo Viejo nós só vimos os tanques e barris de produção, eles não tem plantações de uvas ali. Elas estão em uma cidade mais afastada, eu senti um pouco de falta de poder conhecer as plantações. Mas a visita valeu a pena mesmo assim, a cave / restaurante é muito bonita e os vinhos deliciosos.


o que fazer em montevideo
Entradas na bodega Castillo Viejo



Caso você não esteja de carro, o melhor é ou contratar um serviço de transfer ou pegar um Cabify Winery, que é um serviço especial dentro do Cabify (app de carros). Essa modalidade aparece sempre que você adiciona uma vinícola como destino dentro do app, ele inclui ida e volta e um intervalo de 4 horas. Essa corrida custa cerca de 4.600 pesos uruguaios (+ ou - R$ 650 | abril/2023).


Atenção: tanto no Uber como no Cabify você consegue pedir uma corrida normal para as vinícolas, que vai sair um pouco mais barato. Só que a volta será um problema. Não tem área de celular por lá e não costuma ter Wifi. Então recomendo ou pegar um passeio com transfer ou pegar o Cabify Winery para garantir uma volta tranquila.


Reserve umas 4 ou 5 horas do seu dia para a visita às bodegas, considerando o transporte. Se você puder, recomendo almoçar em uma delas.

 

Não fique sem internet durante a sua viagem!

Compre um chip 4G e já saia do Brasil com internet, veja aqui.

 

Mais vinícolas nos arredores de Montevidéu:

Bate-e-voltas a partir de Montevidéu

Para quem quiser estender a sua viagem de Montevidéu, dá para fazer um bate e volta até Punta del Este, e conhecer a famosa Punta Ballena, que é aquele edifício-monumento que parece com Santorini. Outra opção legal também é Piriápolis, uma cidadezinha litorânea super fofa, que tem até um castelo.


E claro, Colônia del Sacramento. A cidade mais charmosa do Uruguai. Mas essa eu recomendo que você durma por lá ou faça um bate e volta partindo de Buenos Aires, que é só pegar a balsa e atravessar o Rio da Prata.



Quanto custa essa viagem para Montevidéu?

O Uruguai não é um país barato. Nem de perto. Foi o país latino que eu mais achei caro, principalmente para comer. Já estive no Chile também, que é carinho porém no Chile dá pra comer coisas de mercado e fica um preço bem ok. No Uruguai nem o mercado salva, é caro igual.


Em termos de hospedagem achei os preços ok, nada muito fora dos preços de hotéis brasileiros, por exemplo. Mas a alimentação saiu bem cara. O que me salvou foi o cartão da Nomad, porque o Uruguai tem uma lei de isenção de imposto para turistas que só funciona se você paga com cartão internacional. Eles dão 18% de desconto nas compras, não é em tudooo, e meio que é na sorte. Não tem como saber qual estabelecimento vai te dar o desconto, eu fui passando no cartão e olhava no recibo.


Mas boa parte dos restaurantes dão o desconto por pagar em cartão internacional. Só que se eu fosse utilizar um cartão de crédito do Brasil, por mais que tivesse o desconto dos 18%, iria pagar cerca de 10% de spread + IOF, fora o câmbio desfavorável. Com a Nomad eu evitei esses gastos, já que ela cobra um IOF de 1.1% + de 1 a 2% de taxa de serviço (a minha é 1,5%, essa taxa varia de acordo com a quantidade de dinheiro que você movimenta). Então, mesmo considerando a perda de dinheiro do câmbio, eu consegui economizar, usando a Nomad, uns 15% na minha viagem pelo Uruguai. Isso ajudou muito, já que as coisas são bem caras por lá.


Como sempre, em todos os meus roteiros de viagem aqui do Quem vai e quem fica, eu monto um orçamento simulado, calculado com base nos valores vigentes agora (abril/23) e na minha própria experiência na cidade durante a minha viagem. Eu faço os orçamentos pensando em 4 perfis de viajante, porque gastos de viagem variam muito conforme o perfil de gastos de cada pessoa. Assim como estilo de vida, a gente consegue gastar quantias muito diferentes de dinheiro no dia a dia dependendo da forma como vive.


Eu organizo assim:

  • Mochileiro: viaja o mais barato possível, está sempre buscando promoções e cupons, dorme em hostel, compra comida no mercado, fast food e restaurantes baratos, usa somente o transporte público se houver essa opção

  • Econômico: gosta de economizar mas não divide quarto, fica em hotéis simples, se alimenta de restaurantes baratos e fast food, mistura transporte público com Uber

  • Conforto: fica em hotéis confortáveis, geralmente 3 estrelas, divide a alimentação entre restaurantes baratos e restaurantes caros, só usa Uber ou aluga carro

  • Luxo: só fica em hotéis 4 ou 5 estrelas e come em restaurantes caros, usa Uber ou aluga carro

No caso desse roteiro de Montevidéu em específico eu não considerei nenhum transporte público, porque eu recomendo que você se hospede perto da Ciudad Vieja e faça o seu passeio à pé, tirando o passeio às vinícolas, que precisa ser contratado um passeio com transfer ou ir de Cabify Winery.


Esse orçamento é para como se a viagem fosse feita agora, eu vou voltar aqui para atualizar de tempos em tempos. Mas tenha isso em mente.


Os valores são para uma viagem feita exatamente como está nesse roteiro, variando os restaurantes e passeios escolhidos para as vinícolas.


O orçamento está em dólar porque é mais fácil de entender dessa forma, como eu recomendo que você abra uma conta da Nomad para essa viagem, os seus gastos vão ficar em dólar. E algumas coisas (como hotéis) no Uruguai já são cobradas em dólares mesmo.


Sobre as vinícolas, eu considerei:


orçamento de viagem para montevideo

Sugestões de hospedagem com base em cada perfil de viajante:


Dicas de viagem no mapa

Esse é o meu mapa mundi de dicas de viagem, onde você vai encontrar todas as minhas dicas em formato de pins no mapa. Para navegar pelas informações é só dar um zoom na região e clicar nos ícones. Ele é atualizado quase diariamente, com novas informações e lugares. Para salvar no seu Google você pode clicar na estrelinha ali embaixo, ele vai ficar no seu Google Maps na parte de "mapas salvos".


Planejando uma viagem para o Uruguai? Veja todas as dicas de viagem aqui no blog:

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page