Newsletter de promoções de viagem:

  • Júlia Orige

Mosteiro dos Jerónimos: como visitar, preços e história

Atualizado: 12 de out. de 2021


mosteiro dos jeronimos lisboa
Claustro do Mosteiro dos Jerónimos

O Mosteiro dos Jerónimos é uma das construções mais impressionantes de Lisboa. Ele fica na região de Belém, perto da Torre de Belém e do Padrão dos Descobrimentos. Foi encomendado em 1501 por D. Manuel I e levou mais de um século para ficar pronto.


Estima-se que tenha custado 70kg de ouro por ano para ser erguido, ou seja, mais de 7.000kg de ouro no total. A construção é mesmo impressionante, arquitetonicamente e artisticamente. É um monumento de visita obrigatória em uma viagem à Lisboa.


Leia também: Roteiro de 5 dias em Lisboa com orçamento pronto


Navegue pelas seções do post:


História do Mosteiro dos Jerónimos

O Mosteiro dos Jerónimos é considerado o apogeu da arquitetura manuelina, ou seja, de D. Manuel. No local antes existia uma pequena capela, dedicada à Santa Maria.


Em 1501 D. Manuel I mandou que em seu lugar fosse construído o mosteiro e o entregou à Ordem dos Jerónimos, por isso ele é conhecido assim ainda hoje. Mas a vontade de D. Manuel I era que o mosteiro servisse também de panteão real.


O monumento está muito ligado às Grandes Navegações, tanto por ter sido custeado pelos lucros que vinham do comércio com a África e com o Oriente quanto por sua localização à beira do Tejo, de onde saiam muitas naus para o novo mundo.


Dentro da igreja você pode ver o túmulo de Vasco da Gama, um dos grandes navegadores da época.


O mosteiro abrigou a Ordem dos Jerónimos até 1833. Durante a época das navegações a função dos monges era dar assistência espiritual para os tripulantes das naus e caravelas que ali passavam.


A fachada do Mosteiro dos Jerónimos tem mais de 300 metros. Suas grandes paredes claras foram construídas com calcário de lioz, um material da própria região.


Como sua construção levou mais de um século, passaram por ele alguns arquitetos e mestres de obras renomados. Destacam-se Diogo de Boitaca (c.1460-1528), João de Castilho (c.1475-1552), Diogo de Torralva (c. 1500-1566) e Jerónimo de Ruão (1530-1601).


O mosteiro é visto como a jóia da arquitetura manuelina, que mistura elementos góticos e do renascimento. São colocados também nas esculturas símbolos reais, cristãos e naturalistas.


Esse é o pátio do claustro do Mosteiro dos Jerónimos no street view, mexa a foto para ver ao redor


mosteiro dos jeronimos
Fachada do Mosteiro dos Jerónimos

Leia também: 9 comidas portuguesas para você experimentar na sua viagem


Como visitar o Mosteiro dos Jerónimos

O monumento hoje é dividido em 3 partes: o claustro, a Igreja de Santa Maria de Belém e o Museu Nacional de Arqueologia, que fica na parte moderna do Mosteiro dos Jerónimos, construída em 1850.


A entrada para a igreja é gratuita, já a entrada para o claustro e para o museu são pagas e são ingressos separados. Eu recomendo muito a entrada no claustro, é lindo demais por dentro. Já o museu eu achei que deixou a desejar, mas fica à seu critério.


Recomendo começar a sua visita pelo claustro, porque é onde tem mais fila para a entrada. Depois visite a Igreja e o museu se você gostar de arqueologia.


Como chegar no Mosteiro dos Jerónimos:

O mosteiro fica em Belém e você pode chegar facilmente lá de transporte público. Eu recomendo ir de trem, saindo da estação do Cais do Sodré. Quando você faz a rota para o mosteiro no Google Maps ele vai te mandar ir de elétrico (que é um ônibus elétrico), porém como ele manda todos os turistas irem nesse ônibus, ele fica lotado.


Já o trem é menos lotado e mais confortável.


Pegue o trem na estação do Cais do Sodré em direção à Cascais, a estação de trem fica em cima da estação de metro do Cais do Sodré e em frente ao mercado da Ribeira.


Desça na estação de Belém. Dali você consegue ir andando para o Mosteiro dos Jerónimos, é bem perto.


Leia também: Transporte público em Lisboa: guia definitivo para brasileiros


Ingressos para o Mosteiro dos Jerónimos

Compre antecipadamente os ingressos para o Claustro aqui. Assim você evita a fila de compra dos ingressos.


Chegando no Mosteiro dos Jerónimos vá até a entrada direto e mostre as entradas impressas ao segurança. Não é preciso entrar na fila da bilheteria.


O preço do ingresso antecipado é o mesmo que o preço na bilheteria e sempre tem bastante fila, recomendo fortemente comprar nesse link.


Audioguia do Mosteiro dos Jerónimos

Eu gravei um audioguia de viagem de Lisboa, pra você ouvir enquanto conhece a capital portuguesa. Acesse nessa playlist:


Já salva no Spotify para os próximos passeios.


Leia também: Como pedir café em Lisboa


Gosta de dicas de viagem? Me acompanhe no Instagram


Mais dicas de viagem úteis aqui no blog:

Esse conteúdo foi útil pra você e quer oferecer um cafézinho como agradecimento? Pode fazer isso via PIX (juliaorige@gmail.com) ou via PicPay (https://picpay.me/juliaorige). Qualquer valor de contribuição é bem vindo mesmo, um café custa R$ 3 aqui do lado! Com a sua ajuda eu posso continuar trazendo dicas exclusivas por aqui.

Posts Relacionados

Ver tudo