top of page
Quem vai e quem fica - Marca.png
  • Foto do escritorJúlia Orige

O que fazer na Bolívia? 9 destinos de viagem incríveis

Atualizado: 13 de mai. de 2023


o que fazer na bolivia

Um dos países mais baratos da América Latina, a Bolívia tem paisagens surpreendentes e uma cultura andina fortíssima. Essa é uma viagem inesquecível. Vem descobrir o que fazer na Bolívia nesse post com os 9 destinos de viagem que eu separei pra você.



O que fazer na Bolívia? | Navegue pelo post:

Como levar dinheiro para Bolívia?

A moeda da Bolívia é o boliviano (BOB). Que vale um pouco menos do que o real, isso significa que o nosso dinheiro rende mais por lá! As coisas no geral também são baratas, se comparado com o Brasil. É um dos países mais baratos que eu já visitei, apesar de a viagem sair cara no fim das contas.


É que esse tipo de viagem, onde é preciso contratar um guia, acaba saindo mais caro do que viagens que a gente faz por conta. Se quiser ver o meu orçamento de viagem completo tem um post aqui no blog só sobre isso.


Para levar dinheiro para a Bolívia eu recomendo a conta da Nomad, que é uma conta global em dólar com cartão multimoedas, aceita em mais de 180 países, inclusive a Bolívia. Foi o que eu usei na minha viagem, levei o cartão e usei para pagar todas as minhas coisas em Sucre e saquei dinheiro para levar para Uyuni. Porque na região de Uyuni e durante o tour do Salar todos os locais não aceitam cartão, só dinheiro vivo.


Hoje a conta da Nomad é a forma de câmbio mais barata que tem no mercado, comparando com casas de câmbio ou cartão de crédito. A conta é centralizada em dólar, então você adiciona ali seu dinheiro e converte para dólares, depois na hora de pagar o cartão converte automático sem cobrar absolutamente nada por isso. É bem tranquilo de usar e eu achei muito prático. Já usei também na minha viagem pro Uruguai e pra Argentina.


Se quiser abrir uma conta use meu código de convidado JULIAORIGE20 para ganhar até 20 dólares de cashback ao adicionar o dinheiro na conta em até 15 dias.


Bolívia é segura?

Por ser um país pobre da América Latina, você pode achar que a Bolívia é perigosa, mas isso não é verdade. Pelas cidades aonde passei (Sucre, Santa Cruz de La Sierra, Uyuni e as vilas na Cordilheira) senti muita segurança nas ruas.


Os vendedores sentam-se tranquilamente nos fundos das lojas, sem se preocuparem muito com seus produtos. Não há aquele sentimento de alerta e tensão o tempo todo. Andei de noite, de dia, com equipamentos e até passei uma madrugada na rua sentada à espera que a rodoviária abrisse em Santa Cruz de La Sierra, que é a maior cidade da Bolívia em população.


Em nenhum momento senti que precisava estar atenta às minhas coisas, pelo menos não como no Brasil. E eu sou de uma parte bem segura do Brasil, moro em Santa Catarina.


Eu achei bem tranquilo e seguro, não ouvi nenhum relato diferente até agora.



Passagens aéreas para a Bolívia

As passagens aéreas para a Bolívia saindo do Brasil saem a partir de 1 mil reais. O destino mais barato costuma ser Santa Cruz de La Sierra, saindo de São Paulo.


Eu comprei as minhas passagens pesquisando no Skyscanner. Para ficar mais barato eu comprei uma passagem para Santa Cruz e de Santa Cruz peguei outra separadamente para Sucre. Esta comprei direto no site da BoA, companhia aérea boliviana.


Eu indico sempre pesquisar no Skyscanner e no 123milhas para procurar as melhores passagens aéreas.


O que ver na Bolívia? 9 destinos de viagem imperdíveis

o que fazer na bolivia

Salar de Uyuni

O Salar de Uyuni é um verdadeiro tesouro na Bolívia, certamente um dos lugares mais lindos do mundo. Localizado no altiplano andino, é o maior deserto de sal do mundo e uma atração turística imperdível. Suas vastas planícies brancas e espelhadas se estendem até onde a vista alcança, criando um cenário surreal e deslumbrante.


É uma experiência fascinante que combina paisagens deslumbrantes, aventura e uma pitada de magia. Para conhecer o Salar de Uyuni você precisa ir ou com um tour saindo da cidade de Uyuni ou com um carro 4x4. Mas recomendo fortemente o tour! É um deserto de sal, não há sinalizações de qualquer tipo.


Eu fiz um guia completo de viagem do Salar de Uyuni aqui no blog, leia para não ir despreparado.



o que fazer na bolivia

Cordilheira dos Andes

A majestosa Cordilheira dos Andes percorre grande parte da Bolívia, oferecendo paisagens de tirar o fôlego e aventuras incríveis para os visitantes. Com picos nevados, vales profundos e lagos pitorescos, a cordilheira é um verdadeiro paraíso para os amantes da natureza e dos esportes ao ar livre.


Os aventureiros podem se aventurar em trilhas de trekking emocionantes, escaladas desafiadoras ou simplesmente desfrutar da beleza serena das montanhas. A Cordilheira está presente em várias partes da Bolívia, você vai vê-la em La Paz, como pano de fundo, ou pode adentrar as suas terras com passeios de agências especializadas.


O passeio pelo Salar de Uyuni inclui também uma boa parte da Cordilheira, se você escolher o tour tradicional de 3 dias como eu fiz. Saiba mais aqui.



o que fazer na bolivia

Lago Titicaca

O Lago Titicaca, situado entre a Bolívia e o Peru, é uma maravilha natural de tirar o fôlego. É o lago navegável mais alto do mundo e um destino turístico imperdível. Com suas águas azuis cristalinas e cenários deslumbrantes, o lago atrai visitantes em busca de tranquilidade e beleza.


As ilhas flutuantes de totora, construídas e habitadas pelos povos indígenas Uros, são uma atração única. Os turistas podem explorar essas ilhas e aprender sobre a cultura local, convivendo com os habitantes.


A ilha de Taquile oferece vistas panorâmicas deslumbrantes e é conhecida por sua rica cultura têxtil. O Lago Titicaca é um destino verdadeiramente mágico, onde os visitantes podem se conectar com a natureza, experimentar a cultura local e criar memórias inesquecíveis.

 

#DicasdeViagem: compre seu seguro de viagem com 10% de desconto usando o cupom QUEMVAIEQUEMFICA e pagando no Pix ou boleto

 

o que fazer na bolivia

Sucre

Sucre, a capital constitucional da Bolívia, é uma cidade encantadora com um charme colonial irresistível. Suas ruas de paralelepípedos, praças pitorescas e arquitetura histórica fazem dela um destino imperdível para os viajantes.


Os amantes da história podem visitar a Casa de la Libertad, onde a independência boliviana foi declarada em 1825, e explorar os museus que preservam a rica herança do país. A Casa de La Libertad foi minha visita de museu favorita na Bolívia!


Sucre também é conhecida como a "Cidade Branca" devido à predominância das fachadas brancas de seus edifícios históricos. Você pode passear pelos encantadores bairros coloniais, visitar a imponente Catedral Metropolitana e desfrutar da atmosfera tranquila e acolhedora da cidade.


Sucre é um importante centro cultural, com uma vibrante cena artística e uma culinária deliciosa. Experimentar pratos típicos bolivianos em seus restaurantes tradicionais é uma experiência imperdível. Sucre é um destino que combina história, beleza arquitetônica e cultura, proporcionando aos viajantes, que buscam o que fazer na Bolívia, uma viagem encantadora.


Eu escrevi um roteiro de viagem de Sucre completinho, leia antes de viajar!




La Paz

La Paz é uma cidade vibrante e cheia de contrastes que oferece uma experiência única aos visitantes. Sua localização nas montanhas dos Andes, a uma altitude impressionante, cria uma paisagem impressionante com vistas panorâmicas de tirar o fôlego.


A cidade é conhecida por sua arquitetura peculiar, com casas construídas nas encostas íngremes e uma mistura fascinante de estilos colonial e contemporâneo. A icônica Plaza Murillo é o coração da cidade, onde os turistas podem explorar o Palácio do Governo e a Catedral Basílica de Nossa Senhora da Paz.


Além disso, La Paz é um ótimo lugar para se envolver com a cultura boliviana, seja através de visitas a mercados tradicionais, como o Mercado das Bruxas, ou experimentando pratos locais em restaurantes autênticos. La Paz é uma cidade dinâmica, cheia de energia e com uma riqueza cultural fascinante.


Cochabamba

Cochabamba, conhecida como a "Cidade Jardim" da Bolívia, é um destino encantador com uma atmosfera relaxante e uma rica herança cultural.


A cidade é abençoada com um clima ameno e um ambiente natural exuberante, o que a torna um ótimo lugar para desfrutar de parques e jardins pitorescos. O Cristo de la Concordia, uma estátua gigante que se ergue sobre a cidade, oferece uma vista deslumbrante das montanhas circundantes.


Explore a Plaza 14 de Septiembre, o centro histórico da cidade, com sua catedral e belas construções coloniais.


Cochabamba também é famosa por sua culinária deliciosa, com pratos típicos como a "pique a lo macho" e a "saice cochabambino". A hospitalidade calorosa dos habitantes locais faz com que os visitantes se sintam bem-vindos e imersos na cultura boliviana.

 

Vai viajar para Bolívia? Abra sua conta na Nomad (a forma de câmbio mais barata do mercado hoje) e ganhe até 20 dólares de cashback usando meu código de convidado JULIAORIGE20.

 

Forte de Samaipata

O Forte de Samaipata é um tesouro arqueológico localizado nas colinas verdejantes da região de Santa Cruz. Esta antiga cidade fortificada, declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO, é um local fascinante para os amantes da história e da arqueologia.


O sítio abriga uma enorme rocha esculpida em formas intricadas e misteriosas, conhecida como El Fuerte. Acredita-se que o local tenha sido um centro cerimonial e astronômico importante para as civilizações pré-incaicas.


Os visitantes podem explorar as ruínas, as esculturas e gravuras impressionantes, que contam histórias antigas e revelam o conhecimento astronômico avançado dos antigos habitantes.


A paisagem ao redor do Forte de Samaipata é deslumbrante, com vistas panorâmicas das montanhas e vegetação exuberante. É um lugar perfeito para aprender sobre a história fascinante da Bolívia, enquanto desfruta da serenidade e beleza natural.

 

Encontre passagens aéreas baratas aqui na 123milhas, eu uso e indico! Tem ótimas promoções de viagem

 

o que fazer na bolivia

Sítio arqueológico Tiwanaku

O sítio arqueológico Tiwanaku é um destino imperdível para os entusiastas da história e da cultura que buscam o que fazer na Bolívia. Localizado a oeste de La Paz, esse antigo complexo arqueológico remonta a uma das mais antigas civilizações da América do Sul, datada de cerca de 1500 a.C. a 1200 d.C.


Você pode explorar as ruínas impressionantes, que incluem templos, palácios e praças cerimoniais, e testemunhar a arquitetura monumental e a arte finamente esculpida. Os marcos mais notáveis incluem a Porta do Sol, com seus intrincados relevos, e a Pirâmide de Akapana.


Além disso, o museu local oferece uma visão fascinante da cultura Tiwanaku, exibindo artefatos e explicando a importância histórica desse antigo império. É uma experiência enriquecedora para explorar as raízes profundas da civilização andina e compreender a rica história do país.



Parque Nacional de Torotoro

O Parque Nacional de Torotoro é um verdadeiro paraíso natural para os amantes da aventura e da vida selvagem. Localizado no departamento de Potosí, este parque abriga paisagens deslumbrantes, cânions profundos, cavernas impressionantes e uma variedade única de flora e fauna.


Os visitantes podem se aventurar em trilhas emocionantes, explorar as famosas formações rochosas, como a Ciudad de Itas, e admirar as pinturas rupestres antigas nas cavernas de Umajalanta. O parque também é conhecido por suas formações geológicas extraordinárias, como a famosa Caverna do Hum (El Vergel), com suas estalagmites e estalactites impressionantes.


A rica diversidade biológica do parque inclui animais como a lhama, o condor andino e o macaco-aranha. Para os amantes da natureza e da aventura, o Parque Nacional de Torotoro é um destino imperdível na Bolívia.


Gostou desse post? Veja mais dicas de viagem aqui no Quem vai e quem fica:
0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page